22 de Julho, 2014 - 11:40 ( Brasília )

Geopolítica

ONU: Impunidade é um dos principais fatores para abusos contínuos às crianças na RD Congo


O novo relatório da ONU “Crianças e Conflitos Armados na República Democrática do Congo” (RDC) documentou cerca de 4.200 mil casos de recrutamento e uso de crianças por parte de grupos armados e forças armadas do governo entre 2010 a 2013, sendo que um terço deste número são crianças com menos de 15 anos de idade. 

Nesta segunda-feira (21), a representante especial do secretário-geral para crianças e conflitos armados, Leila Zerrougui, alertou o Grupo de Trabalho do Conselho de Segurança sobre o assunto, afirmando que a impunidade é um dos principais fatores para os abusos em curso.
 
“A impunidade tem incentivado que os seus perpetradores continuem com as violações contra crianças”, disse Zerrougui. “A instabilidade crônica no leste da RDC, a multiplicidade de grupos armados e a debilidade da autoridade do Estado têm deixado as crianças extremamente vulneráveis a todas as formas de violência relacionada com o conflito”, acrescentou. 
 
Mais de 900 casos de violência sexual contra crianças cometidos por todas as partes envolvidas no conflito foram documentados no relatório, embora ela reconheça que muito outras crianças foram vítimas de estupro e outras formas de violência sexual.
 
Na ocasião, Zerrougui pediu à comunidade internacional para continuar a apoiar as autoridades congolesas em seus esforços para parar de recrutar crianças para o exército. Além disso, ela acrescentou que a luta contra a impunidade é fundamental para proteger as crianças do país. Os autores de graves violações contra crianças devem ser investigados e processados ??de forma sistemática.