09 de Agosto, 2012 - 09:19 ( Brasília )

Aviação

Força Aérea colombiana escreve uma página na história do Red Flag


Uma vez encerrada a participação da Força Aérea colombiana no exercício Red Flag 2012, na Base Aérea de Nellis, em Las Vegas, Nevada, com a presença de esquadrões de combate da Força Aérea dos Estados Unidos e dos Emirados Árabes, os pilotos colombianos foram considerados dos mais treinados e capacitados em manobras de combate ar-ar e ar-terra.

Não foram ressaltados apenas o profissionalismo e a disciplina demonstrados na execução dos procedimentos e protocolos estabelecidos para o cumprimento das missões, mas também o domínio do manejo das comunicações, considerando-se que estavam atuando em idioma estrangeiro, o que garantiu permanentemente a segurança em cada uma das missões executadas.

Na cerimônia de encerramento, a Força Aérea dos Estados Unidos destacou a Colômbia como o único país latino-americano participante do exercício Red Flag 2012, que deslocou um esquadrão de combate completo, incluindo logística e manutenção, de maneira autônoma, sem apoio de qualquer país estrangeiro, com o suporte de seus aviões de carga, reabastecimento e combate.

Durante o exercício, as tripulações foram submetidas a pressões extremas de dificuldade de ameaça aérea, ambientes hostis, ameaças terra-ar como mísseis e radares, bem como a interoperacionalidade com mais de 60 aeronaves que operavam simultaneamente em rampa e voo.

A Força Aérea colombiana continuará seu processo de capacitação e treinamento em âmbito nacional e internacional, com o objetivo de manter-se na vanguarda como líder no desenvolvimento de operações aéreas que garantam a defesa da nação e a integridade do povo colombiano.