COBERTURA ESPECIAL - US RU OTAN - Terrestre

05 de Março, 2022 - 15:26 ( Brasília )

US-U-OTAN - THREAD - O que está ocorrendo com as viaturas russas? Problemas de Manutenção ou baixas de combate?


Nota DefesaNet

Mais uma THREAD que analisa problemas Técnico-Operacionais da chamada Operação Especial das Forças Russas na Ucrânia.

Chama a atenção a quantidade de viaturas logísticas e de defesa aérea como os Pantsir abandonadas por problemas de pneumáticos dilacerados ou com as pontas de eixos com  problemas.

Por toda a Ucrânia imagens de viaturas abandonadas pelas Forças Russas. A quaase totalidade destes abandonos se deve a problemas ccom penumáticos e eixos. Lógico que também com problemas de suprimento de combustível.

A thread abaixo traz vários comentários tais como a 'corrupção na manutenção de caminhões' e as mudanças climáticas estão se combinando para causar estragos nas forças invasoras de Vladimir Putin

Todos os anos, quando a neve derrete na primavera (em especial com as últimas nevadas em abril), os campos na Ucrânia podem ficar tão enlameados que são intransitáveis.

Os russos chamam isso de “Rasputitsa” e pode estar forçando os comboio a se manterem em estradas pavimentadas. Algumas imagens parecem mostrar veículos blindados abandonados depois que os russos tentaram colocar árvores sob suas rodas para mantê-los fora da lama.

Trent Teletenko, um ex-funcionário público do Departamento de Defesa dos EUA que tinha a responsabilidade de ajudar na auditoria de veículos do exército, sugeriu que os russos estavam negligenciando a manutenção adequada de seus veículos.
Teletenko viu imagens nas redes sociais de forças ucranianas rebocando um sistema de mísseis russo Pantisir que foi abandonado depois de ficar atolado em um campo lamacento. Ele perdeu vários pneus ao ser retirado da lama, o que, segundo ele, sugere problemas de manutenção.

Teletenko afirma que é vital que os caminhões militares sejam manutenidos todos os meses para permitir que o sistema central de enchimento de ar dos pneus seja “posto em funcionamento” e verificado quanto a vazamentos ou contaminações. Eles também precisam ser movidos mensalmente porque a luz solar direta ataca o composto das borrachas gerando o efeito chaamado “envelhecimento”” dos pneus dos caminhões.

“Ninguém movimentou esse veículo por um ano”, disse ele sobre o Pantisir. (Ver itens 5 e 6 da Thread)

“Quando você deixa os caminhões militares no mesmo lugar por meses a fio, as paredes laterais ficam fragilizadas / quebradiças, de modo que o uso de baixa pressão dos pneus para qualquer distância apreciável fará com que os pneus falhem catastroficamente por meio de rasgos”, disse Teletenko no Twitter.

Acredita-se que os soldados russos estão diminuindo a pressão nos pneus para tentar dirigir fora da estrada.

Ele disse que, como o exército russo era “muito corrupto” para usar seus veículos adequadamente, eles não poderiam ser arriscados fora da estrada durante a temporada de lama. Se os veículos Pantisir não estivessem sendo mantidos adequadamente, era improvável que outros veículos militares estivessem.

“Dados os níveis demonstrados de corrupção na manutenção de caminhões. Não há como não haver pneus suficientes no sistema logístico do exército russo”, acrescentou Teletenko.

No início da guerra, a falta de combustível e o mau planejamento frustraram as esperanças de Putin de uma invasão relâmpago.

Unidades se perderam no avanço quando os russos ficaram atolados, o que se teme que tenha levado o exército a recorrer a táticas de cerco.

Os especialistas notaram uma coordenação aparentemente fraca entre as unidades militares com algumas forças operando sem cobertura aérea.

Acredita-se que as forças ucranianas podem ter atingido elementos logísticos em vez de enfrentar astropas blindadas da Rússia diretamente.

Ver também a matéria:

US-RU-OTAN: Pneus da China seriam causa de demora em comboio russo

O Editor

s


VEJA MAIS