COBERTURA ESPECIAL - Pandemic War - Terrestre

19 de Junho, 2020 - 11:40 ( Brasília )

Atividades do Comando Conjunto Nordeste no enfrentamento da COVID-19 são apresentadas ao Ministro da Defesa


O Ministro da Defesa, General de Exército Fernando Azevedo e Silva, esteve em Pernambuco, no dia 16 de junho, para acompanhar o andamento das atividades do Comando Conjunto Nordeste, no contexto da Operação COVID-19. Na ocasião, foi recebido pelo Comandante Militar do Nordeste, General de Exército Marco Antônio Freire Gomes, e pelo Comandante do Comando Conjunto Nordeste, General de Divisão Ivan Ferreira Neiva Filho.

O ministro visitou o Centro de Coordenação de Operações, onde participou de um briefing a respeito dos detalhes da operação, que já contabiliza quase 3 meses de atuação, com ações de combate ao novo coronavírus e em favor da população dos estados de Pernambuco, do Ceará, do Piauí, de Alagoas e de Sergipe.

Em seguida, esteve no Hospital de Campanha, na 7ª Região Militar, onde verificou as capacidades oferecidas pela instalação em uma possibilidade de desdobramento real, participou de um aprestamento da equipe de desinfecção de Defesa Química, Biológica, Radiológica e Nuclear e de uma equipe de distribuição de alimentos.

“A impressão em relação às ações de combate ao coronavírus é a melhor possível. As atividades desenvolvidas, as potencialidades e o balanço apresentado das atividades implementadas são muito significativos. O Comando Conjunto Nordeste, integrado pela Marinha do Brasil, pelo Exército Brasileiro e pela Força Aérea Brasileira, está de parabéns”,  afirmou o Ministro.

Operação COVID-19

O Comando Conjunto Nordeste, ativado pelo Ministério da Defesa, no contexto do emprego das Forças Armadas contra a COVID-19, executa, desde o mês de março, ações integradas, visando reforçar medidas de segurança, bem-estar e prevenção contra o novo coronavírus, em favor da população brasileira.

Com quase 90 dias de atuação, realizou apoio logístico a diversos organismos de saúde nas esferas municipal, estadual e federal. Foi realizado o transporte de materiais e equipamentos, num total de 770 toneladas, foi feita a distribuição de cestas básicas e kits de alimentação, que totalizaram 729 toneladas.

Ainda, 175 militares especializados realizaram a desinfecção em 743 instalações, como escolas, hospitais, estações de metrô e aeroportos, contribuindo para reduzir a probabilidade de contágio de cerca de 900 mil pessoas, que diariamente circulam nos transportes públicos das cidades nordestinas, além da participação de 1.200 militares, de forma voluntária, na campanha de doação de sangue, entre outras ações.


VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


TOA

TOA

Última atualização 07 AGO, 17:00

MAIS LIDAS

Pandemic War