06 de Novembro, 2012 - 10:41 ( Brasília )

Arsenal de Marinha conclui a construção da nova chata de carga para Estação Antártica Comandante Ferraz


O Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro (AMRJ) prontificou a construção da nova chata de carga para o transporte de contêineres, tratores, máquinas pesadas e skids (esquis metálicos), que realizará a retirada da sucata produzida pelo desmonte das estruturas da Estação Antártica Comandante Ferraz.

Atendendo à demanda apresentada pelo Programa Antártico Brasileiro, gerenciado pela Secretaria da Comissão Interministerial para os Recursos do Mar, o AMRJ conduziu a construção da chata no período de junho a outubro de 2012, de acordo com projeto elaborado pelo Centro de Projetos de Navios (CPN).

O trabalho realizado abrangeu as seguintes fases: construção de módulos individuais sem acessórios estruturais e rampas; construção das rampas de cada módulo; montagem dos acessórios estruturais em cada módulo; instalação dos motores de popa e dos tanques de combustível; teste de motores e união dos módulos; teste de estanqueidade e da estrutura, içamento da chata e colocação da mesma em flutuação; prova de inclinação; provas de mar; testes e ajustes finais.

Como principais características da nova chata, destacam-se: construção em dois módulos individuais de aço, unidos por pinos e correntes; convés de carga revestido com madeira resistente; pontos reforçados para reboque e encalhe (verdugos); balaustrada para proteção do pessoal; capacidade para transporte de cargas de até 20 toneladas; autopropulsão por dois motores de popa de 200HP, com um console de comando; e duas rampas, uma por módulo, com içamento e arriamento efetuados por guinchos manuais.