20 de Novembro, 2013 - 09:24 ( Brasília )

Defesa

Ministro brasileiro da defesa terminou visita a Cabo Verde


O ministro brasileiro da defesa, Celso Amorim, terminou nesta terça-feira, 19 de novembro, uma visita de dois dias a Cabo Verde. O reforço das condições de segurança nesta região do Atlântico foi o grande mote desta deslocação.

O ministro da Defesa brasileiro, Celso Amorim, anunciou na segunda-feira passsada, 18 de novembro, na cidade do Mindelo, que os dois aviões Embraer que o Brasil vai oferecer a Cabo Verde vão sair em breve.

- "Posso dizer que o processo já saiu do Ministério da Defesa brasileiro e vai necessitar agora apenas da aprovação do Congresso. Às vezes as coisas demoram mais do que gostaríamos", disse Celso Amorim, no início da sua visita de dois dias a Cabo Verde.

O governante brasileiro deslocou-se às ilhas de São Vicente e de Santiago. Em cima da mesa dos contatos mantidos com as autoridades cabo-verdianas esteve a luta contra organizações criminosas ligadas ao tráfico de droga e de pessoas que atuam, nomeadamente, na África ocidental.

O governo de Brasília prometeu celeridade para a vinda de dois aviões para o patrulhamento da costa do arquipélago, processo ainda em curso. Por seu lado as marinhas dos dois países já cooperam.

Na terça-feira, 19 de novembro, Celso Amorim inaugurou a missão naval permanente do Brasil em Cabo Verde, na Cidade da Praia, uma instituição que irá apoiar a Guarda Costeira cabo-verdiana.

- "Trata-se de uma missão importante pois vai ajudar a Guarda Costeira nesta fase de modernização e de definição de planos de trabalho que conduzam ao avanço na formação de quadros, no cumprimento de planos de aquisição de equipamentos, e em tudo o que se traduza numa nova fase da Guarda Costeira", frisouo ministro cabo-verdiano da Defesa, Jorge Tolentino.

Ainda na terça-feira, Celso Amorin foi recebido em audiência pelo Primeiro-ministro de Cabo Verde, José Maria Neves.

com (c) PNN Portuguese News Network