25 de Outubro, 2013 - 12:07 ( Brasília )

Defesa

FFAA mobilizadas para o Transporte de médicos e provas do Enem


Uma das maiores operações logísticas para transporte de passageiros e mobilização de material será colocada em prática neste fim de semana pelas Forças Armadas. Coordenados pelo Ministério da Defesa, a partir do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas (EMCFA), militares da Marinha, do Exército e da Aeronáutica têm como missão levar cerca de 1,8 mil profissionais do programa Mais Médicos para os 26 estados do país e o Distrito Federal,  além das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para municípios de difícil acesso no norte do país.

As operações envolvendo as Forças Armadas começam neste sábado (26), na Base Aérea de Brasília. A partir das 5h30, a unidade militar começa a receber os primeiros médicos que serão deslocados em aviões da Força Aérea Brasileira (FAB). 

Com o emprego de onze aeronaves, os médicos serão transportados para as 27 capitais do país. São profissionais formados no exterior, participantes do programa Mais Médicos, do Governo Federal. O programa prevê o recebimento de 2.182 médicos, 361 dos quais não utilizarão os voos da FAB,  por já se encontrarem nas cidades às quais se destinam. Em função de avaliação dos profissionais, a cargo do ministério da Saúde, os números finais poderão ser reduzidos.

Ao desembarcarem nas capitais, os médicos serão levados aos locais onde permanecerão hospedados. Essa missão será executada por militares da Marinha ou do Exército. O processo de ambientação se dará durante quatro dias. A expectativa do Governo é que esse contingente seja levado para os locais onde atuarão já a partir do dia 4 de novembro.

De acordo com o planejamento do EMCFA, a distribuição de cerca de 500 médicos na Amazônia Legal caberá às Forças Naval e Terrestre. Nas demais cidades, o deslocamento ficará a cargo das Secretariais Estaduais e Municipais de Saúde.

A Marinha encaminhará os profissionais que chegarem a Manaus (AM), Belém (PA) e São Luís (MA). O Exército estará incumbido dos médicos em Macapá (AP), Boa Vista (RR), Porto Velho (RO), Cuiabá (MT), Palmas (TO) e Rio Branco (AC).

Transporte aéreo

Pelo planejamento elaborado pela Força Aérea, os primeiros voos saem de Brasília (DF), Vitória (ES) e Recife (PE) levando profissionais para Porto Alegre (RS), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Cuiabá (MT), Campo Grande (MS), Aracaju (SE), Teresina (PI), Petrolina (PE), Natal (RN), Fortaleza (CE), Goiânia (GO), Rio (RJ), Belo Horizonte  (MG), Manaus (AM), Maceió (AL) e Boa Vista (RR).

A operação prevê o desembarque em 12 bases aéreas e nos principais aeroportos brasileiros. O transporte aéreo segue no domingo e só será concluído na terça-feira (29), com partida de cerca de 200 médicos de Fortaleza (CE) e Vitória (ES) para São Luís (MA). As aeronaves empregadas no transporte são Hércules C130, Embraer 145, Bandeirante e Amazonas.

Essa é a segunda etapa com a participação das Forças Armadas no programa Mais Médicos. A primeira se deu no recebimento de 679 profissionais que chegaram do exterior. Há previsão de uma terceira etapa para meados de dezembro.

Provas do Enem

A realização das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), neste fim de semana, também contará com o apoio logístico das Forças Armadas. Atendendo solicitação do Ministério da Educação (MEC), o MD determinou a participação de militares no esquema de transporte, armazenamento e guarda do material, além de segurança dos técnicos envolvidos na aplicação do exame.

Desde a última quarta-feira (23), a Marinha e a FAB deram início ao transporte das provas para os locais do exame em 55 localidades de difícil acesso na região Norte. O Exército presta segurança ao material guardado em 67 organizações militares da Força Terrestre. Uma unidade da Marinha também servirá de espaço físico para armazenamento das provas

Na próxima segunda-feira (28) a Marinha e a FAB trazem de volta o material e os cartões respondidos pelos candidatos durante o fim de semana nas cidades de aceso remoto. A desmobilização das Forças Armadas na megaoperação do Enem está prevista para a próxima quinta-feira (31). O efetivo das Forças Armadas varia conforme a estrutura de cada local. O Enem conta com 7,1 milhões de inscritos.