COBERTURA ESPECIAL - Crise Militar - Defesa

05 de Fevereiro, 2017 - 21:00 ( Brasília )

AlmEsq Leal Ferreira - Não se destina a favorecer uma classe em detrimento da sociedade brasileira


 

MARINHA do BRASIL
Nº 108 DE 06 DE FEVEREIRO DE 2017
 BONO ESPECIAL GERAL*


 

Nos últimos dias, a imprensa tem veiculado matérias sobre a Reforma da Previdência que versam sobre supostas propostas para alteração do tempo de serviço; estabelecimento de idade mínima de transferência para a reserva remunerada; e mudanças das remunerações pagas aos militares das Forças Armadas.

A Marinha do Brasil esclarece que os três Comandos Militares e o Ministério da Defesa vêm promovendo um diálogo responsável e profícuo com o Governo, a fim de que seja preservada a segurança constitucional conferida ao Sistema de Proteção Social dos Militares das Forças Armadas. Temos apresentado as peculiaridades que envolvem nossa profissão, as quais a diferenciam das demais, e impedem que os militares sejam submetidos às mesmas modificações que compõem a Reforma da Previdência, atualmente em discussão no Congresso Nacional.

Em virtude das negociações, o Governo tem se mostrado atento e sensível às nossas questões sociais, tais como: a baixa remuneração; o déficit de moradia; a necessidade de mobilidade por todo o território nacional; entre outros. Como resultado, tivemos, acertadamente, a não inclusão dos militares das Forças Armadas no texto do Projeto de Emenda à Constituição Federal, tendo em vista que não existe, e nem nunca existiu, um Regime de Previdência próprio dos militares das Forças Armadas.

A preservação do Sistema de Proteção Social dos Militares das Forças Armadas não se destina a favorecer uma classe em detrimento da sociedade brasileira, como vem sendo rotineiramente e, por vezes, de maneira superficial, veiculado pela mídia. Tem sim, por finalidade, contribuir para a segurança do País, tendo em vista que, para o cumprimento da missão constitucional que é atribuída às Forças Armadas, os militares não são amparados por direitos trabalhistas e remuneratórios previstos para os demais segmentos da sociedade. Assim, é imprescindível que a família do militar esteja devidamente protegida por um responsável arcabouço legal e social.

Não obstante a diferenciação da carreira militar, as Forças Armadas, como componentes da estrutura constitucional brasileira, estão sensíveis à necessidade de contribuir para o ajuste fiscal do governo, imprescindível à retomada do desenvolvimento de nosso País.

Em conjunto com as demais Forças Armadas e o Ministério da Defesa, a Marinha do Brasil prossegue trabalhando em propostas de mudanças, porém preservando os princípios basilares da Defesa Nacional, que tem o Sistema de Proteção Social dos Militares das Forças Armadas como um de seus pilares.

Os canais de comunicação oficiais das Forças, incluindo o endereço eletrônico https://www.marinha.mil.br/spsm/, mostram os estudos e propostas em andamento, dentre os quais, o trabalho realizado recentemente pela Fundação Getúlio Vargas, sob o título “As Forças Armadas e a PEC da Previdência”.

Almirante-de-Esquadra Eduardo Bacellar Leal Ferreira


* via Sociedade Militar

_____________________________________


Acompanhe notícias relativas ao Sistema de Proteção Social dos Militares das Forças Armadas

Cobertura Especial  Crise Militar Link


Matéria Agência Reuters com recado do Planalto

Crise Militar - Militares terão idade mínima, teto e tempo de contribuição iguais aos dos demais trabalhadores Agência Reuters 30 JAN 2017 Link


Posição das Forças

Exército Brasileiro

GenEx Eduardo Villas Boas - A Nação e seus militares 04FEV2017 Link

Força Aérea Brasileira

Brig Rossato - Estou comprometido na manutenção do sistema de proteção social dos militares 02FEV2017 Link

Marinha do Brasil

AlmEsq Leal Ferreira - Não se destina a favorecer uma classe em detrimento da sociedade brasileira 06FEV2017 Link



Matérias Relacionadas

Despesas com militares: a busca pela equidade e isonomia Gen Div Eduardo Castanheira Garrido EBlog Janeiro 2017 Link

A reestruturação da remuneração dos militares das FFAA e os efeitos na redução de gastos do Governo Gen Castanheira  CCOMSEX Link

x



Outras coberturas especiais


Argentina

Argentina

Última atualização 26 MAR, 20:00

MAIS LIDAS

Crise Militar