30 de Outubro, 2018 - 10:30 ( Brasília )

Aviação

SERIPA II promove debate sobre boas práticas de segurança de voo

Nona edição do Seminário Regional de Prevenção de Acidentes Aeronáuticos reuniu cerca de 300 participantes

Tenente Roseane Edição: Agência Força Aérea, por Tenente Carlos Balbino - Revisão: Capitão Landenberger

O Segundo Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA II) realizou, na última quarta-feira (24/10), o IX Seminário Regional de Prevenção de Acidentes Aeronáuticos.

O objetivo foi promover o debate sobre temas relacionados à segurança de voo. A abertura do evento foi presidida pelo Comandante do Terceiro Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (CINDACTA III), Brigadeiro do Ar Walcyr Josué de Castilho Araujo, que destacou a importância da troca de informações como ferramenta para a prevenção de acidentes aeronáuticos.



Logo em seguida, foram proferidas quatro palestras. O primeiro tema abordado foi um estudo de caso sobre o acidente aéreo que resultou na morte do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki.

Durante a explanação, o palestrante, Major Aviador Thiago Alexandre Lirio, do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA), reforçou que um acidente aeronáutico não é causado por um único motivo, mas sim pela junção de vários fatores.

A segunda apresentação sobre “A qualidade da formação do aeronauta no mercado brasileiro” foi comandada pelo representante da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), Raymundo Nonato de Freitas Júnior, que provocou a reflexão sobre a importância dos recursos humanos envolvidos no contexto da aviação.

Na sequência, o integrante do Quarto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (SERIPA IV), Walter Vieira Chagas Filho, falou sobre "A importância da tripulação comercial na segurança de voo”, enfatizando o trabalho em equipe para o sucesso das operações aéreas.

Por fim, o diretor executivo da AIRJOB Auditores e Consultores Independentes, Comandante Antonio Mendes Neto, apresentou o tema “Treinamento negativo”, para explicar a necessidade do preparo e da proficiência dos tripulantes na atividade aérea.

Ao término do evento, o Chefe do SERIPA II, Tenente-Coronal Aviador Glaucio Wellington Ocampos da Silva, enfatizou a importância da prevenção de ocorrências aeronáuticas para o progresso da aviação nacional.

Aproximadamente 300 pessoas participaram das atividades do seminário, entre elas, pilotos, instrutores de voo, alunos de escolas de aviação, mecânicos de aeronaves, gestores de empresas aéreas, comissários de bordo e agentes aeroportuários.



Fotos: Sargento Jairo