COBERTURA ESPECIAL - Pandemic War - Terrestre

12 de Março, 2021 - 10:15 ( Brasília )

Comando Conjunto Amazônia auxilia vacinação contra a covid-19 em comunidades indígenas


De 22 de janeiro a 5 de março, o Comando Conjunto Amazônia (C Cj Amz) realizou o apoio logístico para fazer chegar a vacina contra a covid-19 a comunidades indígenas isoladas na Amazônia Brasileira. O C Cj Amz já apoiou a vacinação de mais de 25 mil indígenas dentro do contexto da Operação Covid-19, em que as Forças Armadas disponibilizam seus meios logísticos para o combate à pandemia.

Sem o apoio do Exército Brasileiro, da Marinha do Brasil e da Força Aérea Brasileira, a vacinação em áreas remotas do país demoraria muito mais tempo. A partir de um município como São Gabriel da Cachoeira (AM), por exemplo, a equipe de vacinação levaria cinco dias, por meio fluvial e terrestre, para chegar às comunidades Santo Atanásio e Taracuá Igarapé, do distrito Iauaretê. Já com o apoio das aeronaves do 4º Batalhão de Aviação do Exército (4º BAvEx), as equipes conseguem acesso às comunidades isoladas em poucas horas.

Operação Covid-19

São 12 meses de atuação contínua de militares das Forças Armadas em ações de descontaminação de locais públicos, transporte aéreo de insumos e pacientes, distribuição de kits de alimentos, doação de sangue, ações de inspeção naval e patrulhamento, bem como barreiras sanitárias, transporte de cilindros e usinas de oxigênio, além de apoio à vacinação.


VEJA MAIS