15 de Abril, 2022 - 07:00 ( Brasília )

Aviação

Oficiais-Generais da FAB assumem cargos de chefia no Ministério da Defesa

A cerimônia foi realizada pelo Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas nessa terça-feira (12/04)

Aspirante Eniele Santos E Major Oliveira Lima

Nessa terça-feira (12/04), o Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas (EMCFA), órgão interno do Ministério da Defesa (MD), realizou as cerimônias de Ativação da Chefia de Educação e Cultura e de ascensão do Cargo de Chefe de Educação e Cultura pelo Tenente-Brigadeiro do Ar Luis Roberto do Carmo Lourenço; de Transmissão dos Cargos de Chefe de Assuntos Estratégicos, do General de Exército Eduardo Antônio Fernandes para o Tenente-Brigadeiro do Ar Hudson Costa Potiguara; e de Chefe de Operações Conjuntas, do Almirante de Esquadra André Luiz Silva Lima de Santana Mendes para o General de Exército Eduardo Antônio Fernandes.

A sessão, realizada no Salão de Honra do Ministério da Defesa, em Brasília (DF), foi presidida pelo General de Exército Laerte de Souza Santos, Chefe do EMCFA, e contou com a presença do Comandante da Marinha do Brasil (MB), Almirante de Esquadra Almir Garnier Santos; do Comandante da Força Aérea Brasileira (FAB), Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos de Almeida Baptista Junior; e do General de Exército Flávio Marcus Lancia Barbosa - representando o Comandante do Exército Brasileiro (EB). Estiveram presentes ainda, demais Oficiais-Generais das três Forças Armadas, além de civis e familiares.

O Tenente-Brigadeiro Lourenço, lisonjeado pela nomeação ao cargo de Chefe de Educação e Cultura do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas, falou sobre a expectativa para a criação desse cargo e ações futuras. “Após um ano de espera, conseguimos criar a Chefia de Educação e Cultura, o que se deu em um momento importante e de grande responsabilidade pois, dessa forma, será possível continuar a exercer a atividade de ensino, por meio da Escola Superior de Defesa e da Escola Superior de Guerra, agregando a essa atividade todo o ensinamento cultural”, explicou.

Já o Tenente-Brigadeiro Potiguara, pela segunda vez assumindo um cargo no Ministério da Defesa, destacou a importância de, agora, chefiar a pasta de Assuntos Estratégicos do EMCFA. "É uma honra assumir tão relevante cargo e chego aqui com uma grande motivação para trabalhar com afinco na Chefia de Assuntos Estratégicos, que é a função que vai tratar organismos e assuntos internacionais, bem como de documentos da mais alta relevância. Espero somar e poder contribuir para exercer essa chefia", concluiu.

Chefia de Educação e Cultura do EMCFA

Criada pelo Decreto Presidencial nº 10.998, a Chefia de Educação e Cultura é um órgão integrante da estrutura organizacional do Ministério da Defesa, com sede em Brasília (DF), que tem como competência fomentar a política de ensino de defesa e a política de ciência tecnologia e inovação de defesa. Sendo, agora, chefiada pelo Oficial-General da Força Aérea Brasileira, Tenente-Brigadeiro Lourenço.

Chefia de Assuntos Estratégicos do EMCFA

À Chefia de Assuntos Estratégicos compete assessorar o Chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas nos temas relativos à Política Nacional de Defesa, à Estratégia Nacional de Defesa, à Sistemática de Planejamento Estratégico Militar e à Representações de interesse da defesa em organismos, no País e no exterior. 

Fotos: Suboficial Manfrim/ CECOMSAER



ÚLTIMAS

Aviação

MAIS LIDAS