17 de Agosto, 2012 - 13:05 ( Brasília )

Segurança

EDITORIAL - O SISVANT Alguns Fatos


Texto Atualizado 14:08


EDITORIAL DefesaNet

O SISVANT Alguns Fatos

 

Nota DefesaNet - Para Dados sobre o SISVANT Acesse Link

A Fase Operacional do Sistema de Veículos Aéreos do Departamento de Policia Federal (SISVANT-DPF), foi oficialmente lançada em cerimônia realizada, em 10 de Novembro de 2011,  na base da Polícia Federal em São Miguel do Iguaçu, Paraná.

A apresentação da aeronave e de seus recursos tecnológicos foi acompanhada pelos ministros da Justiça, José Eduardo Cardozo e do Meio Ambiente, Izabella Teixeira e também, pelo diretor-geral da Polícia Federal, Leandro Daiello Coimbra, o diretor de Inteligência da PF, David Salém e o superintendente da PF no Paraná, José Alberto Iegas. O evento reuniu ainda, lideranças políticas locais e regionais. Incluindo  autoridades policiais e militares com exceção de qualquer membro da Força Aérea Brasileira.

Três meses após  a equipe envolvida no Programa SISVANT estava em processo de dispersão e o coordenador-geral, delegado Alessandro Moretti praticamente destituído e movido para funções burocráticas.

O que levou à dissolução da equipe e a praticamente o fim das operações do SISVANT?

Muitos são os fatos que devem ser de conhecimento da Presidente(a) Dilma Rousseff. Uma das suas propostas de campanha era a implantação do sistema SISVANT.

Alguns pontos podem ser lembrados:

- As ameaças e obstruções do Alto-Comando da Aeronáutica para ter o monopólio das operações de VANTs no Brasil. Incluindo ameaças de abater os da DPF, como descrito na reportagem de Isto É (10 Julho 2010)

- A criação da empresa HARPIA entre a EMBRAER Defesa e Segurança e a AEL Sistemas, firmado, em 12 de Abril de 2011,  que fechou o acesso a outras empresas ao mercado brasileiro;

- A briga de morte entre as duas empresas Israel Aerospace Industries (IAI) fabricante do Heron da PF e a ELBIT fornecedora do sistema Hermes 450 da FAB;

- As facções internas dentro do Departamento da Polícia Federal e do Próprio Ministério da Justiça.

Mas o que levou a este desastre foi um ministro da Justiça, indeciso e tímido em ocupar sua posição de Estado.

Era bom o Ministro e a própria Presidente(a) procurarem saber qual a razão de ter sido usados só R$ 6,3 milhões dos R$ 70 milhões orçados. Ou a perda da oportunidade de adquirir vários sistemas HERON I, que estavam no final do leasing e sendo devolvidos ao fabricante no final de 2011.

Nada é tão ruim que não possa ser piorado. O SISVANT é um dos 8 Programas do Centro Integrado de Inteligência Policial e Análise Estratégica (CINTEPOL-BRASIL), criado pela Portaria nº 200/2008 DG/DPF (14.04.08).

Cara Presidente(a) Dilma Rousseff e Ministro Cardozo. É de profunda importância conhecer a situação dos programas de tecnologia, em especial os do CINTEPOL, que estão paralisados ou sendo desmantelados. Isto por uma simples aversão ao moderno e inovador, na maioria dos casos.

Este show midiático diário proporcionado pelas “escutas” nada mais é que uma Polícia Federal na idade das trevas.  

O Tribunal de Contas da União  (TCU) está  correto em investigar, mas suas questões e foco devem ser direcionado a outros pontos da Esplanada dos Ministérios.

Cara Presidente(a). Lembamos as suas palavras de 08 de Junho de 2011 quando lançou o Plano Estratégico de Fronteiras (PEF):

“É muito importante que nós estejamos aqui hoje reunidos para que eu dê seguimento a um compromisso que eu assumi durante a minha campanha, de dar prioridade à questão da segurança pública.

Nada mais justo que, dentro da segurança pública, eu inicie essa prioridade, a realização de um plano de segurança pública pela questão das fronteiras, uma vez que essa questão é uma obrigação condicional da União.

Nós entendemos que em um país continental como o nosso é fundamental que o Ministério da Justiça – através da Polícia Rodoviária Federal, da Polícia Federal, da Força Nacional de Segurança Pública, e o Ministério da Defesa – através do Exército, da Marinha, da Aeronáutica e da ação do Comando Conjunto das Forças Armadas, se unam”.

Matérias Relacionadas:


EMBRAER Formaliza a HARPIA e adquire Capital da AEL Sistemas Link


EMBRAER e AEL Sisitemas Assinam Acordo Estratégico com Ênfase no Mercado de VANTS Link

Elbit Systems' Brazilian Subsidiary, AEL Sistemas, and Embraer Sign Strategic Agreement Focusing on the UAS Market Link

Batalha aérea Revista Isto É – Julho 2010

Governo federal abandona programa de combate ao tráfico usando VANTs  Revista Época

PEF - Apresentado o Sistema Vant do Departamento de Polícia Federal

Avião espião da Polícia Federal fica no chão por falta de gasolina FSP 28 Abril 2011

PEF - Plano Estratégico de Fronteiras  08 Junho 2011