29 de Março, 2014 - 10:45 ( Brasília )

Segurança

III Seminário de Serança LAAD terá comparação entre Inteligênica de Segurança Nacional e Internacional

Riscos e estratégias de segurança na Copa do Mundo e nos Jogos Olímpicos de 2016 serão destaque.

Um comparativo da inteligência de segurança no Brasil com a segurança internacional, acompanhada de uma análise sobre os principais riscos que ameaçam os grandes eventos e as estratégias necessárias para garantir sua realização, será o foco central do módulo “Segurança para Grandes Eventos”, que acontecerá no dia 10/04,  durante o III Seminário de Segurança LAAD, evento simultâneo à feira LAAD Security 2014.

O seminário tem como objetivo apresentar e debater as ações e projetos necessários para garantir um sistema de segurança eficaz em macro eventos como, por exemplo, a Copa do Mundo e os Jogos Olímpicos.  

No painel “A Inteligência nas Operações de Segurança dos Grandes Eventos”, o Coronel Augusto Cesar de Brito Naylor,  Supervisor de Inteligência da Diretoria de Infraestrutura e Serviços de Segurança e Prevenção do Governo do Rio de Janeiro, definirá o conceito de inteligência de segurança e mostrará como é feito o planejamento para grandes eventos. “O foco serão os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, nos quais o maior desafio para o nosso sistema de segurança será a integração de todos os níveis de atividades, nas esferas Municipais e Estaduais”, comenta o Coronel Naylor.

O especialista fará uma comparação da inteligência de segurança nacional com a internacional e trará um levantamento das principais ameaças em grandes eventos, além de uma análise de riscos reais, demonstrando como deverá ser feita a integração das inteligências entre países participantes destes eventos. De acordo com o Coronel Naylor, o objetivo da palestra é mostrar ao público que existe um planejamento bem estruturado para a segurança desses eventos de âmbito mundial.

Neste módulo, também será abordada a importância da segurança virtual com a palestra “Segurança Cibernética para Grandes Eventos”, ministrada pelo Coronel Eduardo Wailler Viana, Assessor Chefe do Centro de Defesa Cibernética do Exército Brasileiro (CDCIBER), que discorrerá sobre as medidas que estão sendo adotadas para a Copa do Mundo de Futebol e o planejamento para as Olímpiadas e Paralímpiadasde 2016.

Também será apresentada a evolução das ações de segurança e defesa cibernética realizada na Copa das Confederações e na Jornada Mundial da Juventude, grandes eventos ocorridos no País em 2013, além da experiência do evento Rio+20, no Rio de Janeiro, em 2012, que recebeu públicos de todo o mundo.

“A importância do planejamento minucioso e da flexibilidade para lidar com imprevistos, como ocorreu na missa de encerramento da Jornada Mundial da Juventude, com a presença do Papa Francisco, em 28 de julho de 2013, será demonstrado como case de sucesso”, explica o General Francisco Carlos Modesto, comandante do Comando do Leste do Exército Brasileiro. O evento seria realizado no Campo da Fé, em Guaratiba, Zona Oeste do Rio, mas devido ao mau tempo foi transferido para Praia de Copacabana, Zona Sul, na última hora.

Além do módulo "Segurança para Grandes Eventos", haverá os módulos "Segurança Pública" e "Segurança Corporativa", que acontecerão nos dias 8 e 9 de abril, respectivamente. A programação completa do Seminário pode ser encontrada em: www.laadsecurity.com.br/seminario.

 

Laad Security 2014

A segunda edição da LAAD Security 2014, um dos maiores eventos de segurança do planeta, reunirá o que há de mais avançado em tecnologias desenvolvidas sob medida para o setor de segurança pública e privada. São mais de 150 empresas de 146 países que oferecem desde tecnologia da informação em defesa e segurança, equipamentos de análise criminal, até produtos de maior valor agregado, como aeronaves e helicópteros.