COBERTURA ESPECIAL - Especial MOUT - Terrestre

29 de Novembro, 2014 - 10:00 ( Brasília )

Ministro da Defesa manifesta pesar por morte de cabo do Exército no Complexo da Maré


O ministro da Defesa, Celso Amorim, lamentou hoje o falecimento do cabo do Exército Brasileiro Michel Augusto Mikami, 21 anos. Michel faleceu após ter sido atingido por um tiro, durante uma ação de patrulhamento no Complexo da Maré, no Rio de Janeiro.

O disparo provavelmente partiu de integrantes de facções criminosas que atuam no local. As circunstâncias do crime, no entanto, ainda estão sendo apuradas.

Amorim manifestou pesar pelo incidente e afirmou que o Ministério da Defesa, por meio do Exército Brasileiro, prestará todo apoio à família de Michel.

O ministro ressaltou que o jovem militar faleceu no cumprimeto do dever, “integrando uma missão nobre, cujo objetivo é levar a paz aos moradores do Complexo da Maré”.

Michel servia no 28º Batalhão de Infantaria Leve, localizado na cidade de Campinas (SP), cidade onde mora sua família. Era solteiro, natural de Vinhedo (SP) e integrava a Força de Pacificação que se encontra no Complexo da Maré.

Durante a noite de hoje, a presidenta da República Dilma Rousseff também emitiu nota de pesar pela morte do militar.

Abaixo, a íntegra das notas emitidas pela presidenta da República e pelo Exército Brasileiro sobre o incidente:


NOTA DA PRESIDENTA DA REPÚBLICA:

É com pesar que recebi a notícia da morte de Michel Augusto Mikami, cabo do Exército baleado na cabeça por bandidos, durante patrulhamento no conjunto de Favelas da Maré, no Rio, nesta sexta-feira.

Ele morreu no cumprimento do dever, na missão de pacificação empreendida pelo Exército Brasileiro. Quero expressar minha dor e minha solidariedade à família e aos amigos de Michel.

Dilma Rousseff
Presidenta da República



Outras coberturas especiais


Guerra Hibrida Brasil

Guerra Hibrida Brasil

Última atualização 11 DEZ, 19:00

MAIS LIDAS

Especial MOUT