COBERTURA ESPECIAL - Aço - Leopard 1A5Br - Terrestre

11 de Outubro, 2013 - 16:04 ( Brasília )

"Não espere, faça", Centro de Instrução de Blindados comemora 17 anos



Liane Fraga
Jornalista - DefesaNet


O Centro de Instrução de Blindados (CI Bld) "General Walter Pires" completa 17 anos de existência. O evento comemorativo ocorreu na manhã de sexta-feira (11/10) com o desfile da tropa. Durante a celebração, doze pessoas foram agraciadas com o diploma de amigo do CI Bld.

A data contou com a participação do general do exército R/1 Armando Luiz Malan de Paiva Chaves (filho de capitão Carlos Flores de Paiva Chaves), general de divisão Geraldo Antônio Miotto (Cmt 3ª DE), general de brigada Glauco Lucas Alves (Cmt 6ª Bda Inf Bad), representando a prefeitura, o chefe de gabinete, Rogério de Assis Brasil, coronel Giovany Carrião de Freitas (agraciado com o dilploma Amigo CI Bld), coronel Carlos Alberto Garcia (Ch 3ª DE), coronel de aviação David Almeida Alcoforado (Cmt BASM), coronel Pedro Paulo Cantalice Estigarribia, coronel André de Souza Monteiro, tenente-coronel Sedinir Cardoso Oliveira, diretor da KMW, Christian Boge, professor e historiador, Expedito Carlos Stephani Bastos e a vereadora, Sandra Rebelaro.

A história do CI Bld começa em 1921 com a Companhia de Carros de Assalto do capitão José Pessoa Cavalcanti de Albuquerque. Em 1938, foi passado para o Esquadrão de Autometralhadoras do capitão Carlos Flores de Paiva Chaves, sendo transferido, um ano depois, ao primeiro local voltado à blindados, no Centro de Instrução de Motorização e de Mecanização (CIMM). O CIMM continuou a sofrer transformações até ser criado o CI Bld.

"O capitão Paiva Chaves tinha como lema, que desde ontem passou a ser o nosso lema, de nosso Centro: 'Não espere, faça'", discursou o tenente coronel Marcelo Carvalho Ribeiro à sua tropa lembrando do capitão que implantou a escola de blindados no Brasil.

O complexo, localizado em Santa Maria (RS) foi criado em 1996 para ser um dos vetores da modernização (Núcleo de Modernidade). Previstos no Sistema de Planejamento do Exército (SIPLEX 6) essas mudanças visam servir a base, atualizando e desenvolvendo a profissionalização do Núcleo de Blindados.

Jornada Histórica de Blindados

Na tarde desta quinta-feira, 10 de outubro, no auditório do Comando da 6ª Brigada de Infantaria Blindada, “Brigada Niederauer”, o Centro de Instrução de Blindados (CI Bld) conduziu uma Jornada Histórica de Blindados, alusiva ao 17° aniversário de criação daquele Centro.

Na oportunidade, o General de Exército Armando Luiz Malan de Paiva Chaves proferiu palestra sobre o Esquadrão de Auto Metralhadoras do Centro de Instrução de Motorização e Mecanização e o Professor Expedito Carlos Stephani Bastos, da Universidade Federal de Juiz de Fora, discorreu acerca do emprego da Viatura Blindada Leve (VBL) Fiat Ansaldo no Exército Brasileiro.

O encontro foi encerrado com a realização de atividades de cunho cultural, conduzidas no Salão Nobre do Quartel General da 6ª Brigada de Infantaria Blindada. Inicialmente, ocorreu a inauguração do quadro “HORIZONTES MAIS AMPLOS”, de autoria do Coronel Pedro Paulo Cantalice Estigarribia, ofertado para o acervo cultural do Centro de Instrução de Blindados.
 
A obra enaltece a realização de missões típicas de cavalaria – reconhecer, cobrir e combater – no Campo de Instrução de Gericinó, no longínquo ano de 1938, marcando o início das atividades práticas dos ensinamentos da doutrina de emprego desses meios da Arma de Cavalaria e que motivou a criação do Centro de Instrução de Motorização e Mecanização, origem remota do CI Bld. Em seguida, houve o lançamento do livro “FIAT ANSALDO CV 3-35, NO EXÉRCITO BRASILEIRO”, de autoria do Professor Carlos Stephani Bastos.