COBERTURA ESPECIAL - LAAD 2013 - Geopolítica

10 de Abril, 2013 - 16:08 ( Brasília )

LAAD 2013: Países sul-americanos criam comitê consultivo do projeto do avião de treinamento básico regional


Até o fim de 2015, os países que integram o Conselho de Defesa Sul-americano (CDS/Unasul) deverão dispor do primeiro protótipo do avião básico de treinamento. Para isso, os representantes da Argentina, do Brasil, do Chile, da Colômbia, do Equador, do Uruguai e da Venezuela assinaram hoje o estatuto conjunto do comitê consultivo do projeto. Na prática, quando estiver em condições de voo, a aeronave servirá para treinamento de pilotos das Forças Aéreas dos países que integram a Unasul.

A assinatura do documento que institui o comitê que iniciará as tratativas do projeto do novo avião ocorreu em cerimônia realizada nesta tarde, no estande da Unasul na LAAD 2013 – Defence & Security, que acontece esta semana no Riocentro.

“É um projeto piloto que estamos desenvolvendo e que em breve poderá ser utilizado em nossa região”, disse o ministro da Defesa da Argentina, Arturo Puricelli.

Em dezembro do ano passado, Puricelli apresentou o projeto de criação do avião durante a IV Reunião do CDS/Unasul, realizada em Lima (Peru). A proposta foi aprovada pelas nações integrantes do Conselho e passou a fazer parte do Plano de Ação do CDS para 2013.
 
Cooperação com a Argentina

Antes da cerimônia na Unasul, o ministro argentino foi recebido em audiência pelo colega brasileiro Celso Amorim. Após o encontro, os dois assinaram a Declaração do Rio de Janeiro. No documento, eles informam que “mantiveram reunião de trabalho em que repassaram o conjunto das relações de defesa entre os dois países”.

Ainda de acordo com o texto, os ministros reiteraram “a vitalidade da Parceria Estratégica Argentina – Brasil no campo da defesa, e reafirmaram compromisso no contínuo fortalecimento e dinamização da cooperação bilateral, tanto na vertente da política de defesa quanto da política industrial para o setor”.

Segundo a Declaração do Rio, em particular, os ministros destacaram “o avanço do projeto do desenvolvimento do Avião Primário-Básico de Treinamento, batizado de UNASUL-I, no âmbito do capítulo de cooperação industrial do Plano de Ação 2012 do Conselho de Defesa da União Sul-Americana de Nações”.

Os ministros enfatizaram, também, “a importância estratégica de projetos que, tal como o Unasul-I, contribuam para uma crescente integração, complementação e fortalecimento das capacidades produtivas dos dois países”.

No mesmo documento, Amorim e Puricelli deram ênfase ao “empenho em promover a realização, na América do Sul, de seminários e feiras que permitam estimular a integração regional em matéria de ciência, tecnologia e produção para a defesa”. Eles ressaltaram, por exemplo, as feiras LAAD, no Brasil, e SINDPRODE, na Argentina.

Na declaração, os ministros congratularam-se pela decisão do governo da Argentina de adquirir um lote de 14 veículos blindados Guarani, desenvolvidos e produzidos no Brasil. Eles confirmaram que a iniciativa impulsiona a concepção de projetos de integração produtiva e operativa entre ambos os países.

Os ministros qualificaram como excelente a cooperação realizada entre suas respectivas Forças Armadas. Eles destacaram, ainda, a abertura de novo projeto de cooperação em matéria de engenharia militar a partir do intercâmbio de especialistas das organizações militares dos dois países. Saudaram o Entendimento Técnico firmado entre as Marinhas para o desenvolvimento da Operação “Fraternidade Antártica”.

Além disso, Argentina manifestou “satisfação com o interesse do Brasil na Força de Paz Conjunta Combinada Cruz do Sul, juntamente com as Forças Armadas do Chile, de forma a conformar um núcleo operacional de militares, altamente qualificados e prontamente disponíveis, para reforçar a contribuição regional às operações de paz das Nações Unidas”.



Outras coberturas especiais


Vant

Vant

Última atualização 22 SET, 16:00

MAIS LIDAS

LAAD 2013