COBERTURA ESPECIAL - Guarani - Terrestre

12 de Dezembro, 2013 - 08:42 ( Brasília )

Desenvolvida para condições extremas, transmissão ZF equipa o VBTP Guarani

A 6HP602 permite que o blindado tenha um arranque mais rápido, e garante mais segurança para as ações militares, com o motorista ‘focando’ sua atenção em situações de combate.

Não são apenas carros, caminhões e ônibus que são equipados com transmissão ZF aqui no Brasil. Os veículos de defesa, mercado que começa a ganhar mais evidência em nosso País, também são tracionados com equipamentos da marca. Equipado com a Ecomat 6HP602, o Iveco Guarani, que passou a ser fabricado em Sete Lagoas (MG), é um exemplo dessa nova realidade.

Apesar de ser basicamente a mesma transmissão que equipa ônibus e caminhões, a ZF Ecomat 6HP602 possui alguns diferenciais para conferir maior confiabilidade em operações extremamente severas, como as que são realizadas por veículos de defesa. "A transmissão é automática, e conta com um conversor de torque permite uma transferência de força contínua, fator essencial para aplicações militares. Outra vantagem é que o ‘motorista’ pode focar mais nos seus arredores durante os combates e não na troca de marchas", afirmou Stefan Prebeck, diretor de sistemas de eixos e transmissões fora de estrada da ZF.

“O produto utilizado em veículos de defesa é semelhante ao que é visto em caminhões, ônibus e guindastes, e mantêm o mesmo padrão ZF de robustez para qualquer uma destas operações”, acrescenta o executivo.

Outra diferença está na relação da primeira marcha, que deve permitir mais força para o motor contar com uma aceleração rápida. "A primeira marcha tem uma distribuição maior de 5,6, sendo que o normal é 3,43. Com isso, o veículo ganha um arranque mais rápido, mesmo levando uma carga pesada", revela Prebeck.

Assim como no segmento de veículos comerciais, a ZF não é a única empresa a atuar como fornecedora para veículos de defesa. No entanto, as vantagens dos produtos da marca alemã em relação aos concorrentes também se sobrepõem às da concorrência. "A transmissão automática da ZF tem três marchas a mais (seis no total) e, dessa forma, acelera mais rapidamente, oferece maior velocidade final, desaceleração mais potente e melhor força de tração", explica o diretor.

A ZF Ecomat 6HP602 é fabricada em Friedrichshafen, local de onde a ZF fabrica transmissões para equipar não só o Iveco Guarani, mas também muitos outros veículos de defesa pelo mundo, como o tanque Iveco SuperAV (transmissão ZF 7HP902), o utilitário Sherpa Medium MRAP (ZF 9S1310), e os caminhões de defesa da Renault – Sherpa Medium 5 & 10 (ZF 6S1000), e o Kerax, nas configurações 4x4, 6x6 e 8x8 (ZF 16S 2520 TO).

Grupo ZF é um dos líderes mundiais no fornecimento de sistemas de transmissão e tecnologia de chassis para o setor automotivo. Com mais de 75 mil colaboradores e 121 operações em 26 países, registrou vendas de 17,4 bilhões de euros em 2012, e figura entre as 10 maiores empresas fornecedoras para o setor automotivo do mundo. Na América do Sul, a ZF possui cinco unidades em Sorocaba, São Bernardo do Campo, Araraquara (SP), Betim (MG) e San Francisco (Argentina), e tem como presidente Wilson Bricio.

O Grupo fabrica transmissões e eixos para indústria automotiva, máquinas agrícolas, máquinas de construção e indústria eólica, sistemas de direção, sistemas de embreagens, amortecedores e componentes de chassis para veículos de passeio e comerciais, além de componentes marítimos.

-x-

O Projeto GUARANI encontra-se, atualmente, na fase de Experimentação Doutrinária da Infantaria Mecanizada, de gerenciamento de contratos assinados, de readequação de Organizações Militares para receber as novas viaturas, de desenvolvimento de simuladores, de integração dos sistemas de comando e controle, de gerenciamento do campo de batalha e dos demais softwares da viatura.

O Guarani é fabricado em Sete Lagoas (MG) pela montadora Iveco do Brasil. O projeto de concepção e execução do novo blindado é uma parceria com o Exército Brasileiro. O veículo é usado para o transporte de soldados e pode levar 11 pessoas, sendo oito fuzileiros, um motorista, um atirador na torreta e o comandante.

Walk Around Guarani

O Major Alisson do Centro de Instrução de Blindados (CIBld) mostra em detalhes a Viatura Blindada de Transporte de Pessoal - Média de Rodas (VBTP-MR) Guarani.

O Guarani está no momento em avaliação Técnica e Doutrinária pelo Exército Brasileiro. Substituirá no futuro o ENGESA EE-11 Urutu.

Acompanhe mais notícias e detalhes sobre o Programa Estratégico do Exército Brasieliro a viatura Blindada Guarani, na cobertura especial.

Cobertura Especial - Guarani Link






Outras coberturas especiais


Especial Terror

Especial Terror

Última atualização 21 AGO, 03:10

MAIS LIDAS

Guarani

5