COBERTURA ESPECIAL - Gripen NG Brazil - Aviação

04 de Janeiro, 2015 - 17:23 ( Brasília )

GRIPEN NG - Löfven refuta críticas ao negócio

A compra do Brasil de 36 caças JAS 39 Gripen pelo Brasil está no centro da visita do primeiro-ministro Stefan Löfvens ao Brasil.


Marie Nordstrand
SVT (Sveriges Television)


A visita do primeiro-ministro Stephen Löfvens  ao Brasil girou em torno, principalmente, da compra de 36 caças SAAB JAS Gripen ao país. - É um negócio importante tanto para a Suécia e o Brasil, que vai gerar empregos, mas também outras oportunidades de desenvolvimento para o Brasil, disse Löfven à reporter  Marie Nordstrand, correspondente da SVT (Sveriges Television), no Brasil.

O negócio dos caças no valor de 5,4 Bilhões de Dólares, é descrito pelo primeiro-ministro, como parte de uma parceria estratégica entre a Suécia e o Brasil, que vai durar por vários anos.

A agenda para a visita se concentrou quase exclusivamente no negócio. No dia primeiro  compareceu à posse da presidente Dilma Rousseff, e na sexta-feira (02JAN15),  Löfven manteve uma reunião bilateral com a presidente, e no sábado visitou a EMBRAER, em São José dos Campos, cerce de 100 km de da cidade de São Paulo. A EMBRAER, uma das indústrias mais importantes do Brasil, produz,  principalmente, aeronaves comerciais, será um dos parceiros de negócios da SAAB, e montará o caça na cidade de Gavião Peixoto.

Segredo

Quando a SVT acompanhou o primeiro-ministro durante a sua visita à fábrica foram imposta medidas de alta segurança e sigilo por parte da EMBRAER. Nós não fomos  autorizados a filmar ou tirar fotos durante toda a turnê e apresentações na fábrica.

A EMBRAER também se recusou a permitir que qualquer um de seus gerentes pudesse ser entrevistado. O motivo foi, de acordo com o assessor de imprensa da área da EMBRAER Defesa & Segurança, que a situação era delicada. Ele também disse que os contratos não foram completamente finalizado com SAAB. Este fato é negado pela SAAB.

Segundo Bo Torrestedt, gerente de marketing da SAAB na América Latina, a negociação com o Brasil está perfeitamente definida . Apenas alguns detalhes ainda precisam ser negociados.

Existe alguma coisa que possa emperrar a engrenagem?

- Não, acho que é difícil de acreditar nisso. O acordo está feito.

Críticas Refutadas

O acordo de venda do Gripen ao Brasil tem sido criticado por vários grupos, incluindo o Partido Verde,  parceiro do governo Löfvens, que argumenta entre outras coisas  que serão os pobres do Brasil, que terão de  pagar a conta. Um quinto da população do país vive abaixo da linha da pobreza e a presidente Dilma Rousseff tem afirmado que o Brasil precisa investir muito dinheiro em educação e saúde.

Mas, durante a visita à EMBRAER Stefan Löfven rebateu as críticas.

-"Os países devem ter o direito de decidir por si mesmos. Não será a Suécia que vai decidir. Temos de ter confiança no Brasil sobre a forma como eles querem investir seu dinheiro."

Há também relatos de que o Brasil quer vender aviões de caça Gripen, para outros países, incluindo a Argentina. Esta ação não tem obtido aprovação dos fornecedores britânicos, que fornecem vários partes do caça, já que este país tem uma disputa pelas ilhas Malvinas/Falklands com a Argentina.

- "Existem regras sobre isso e temos de garantir que cada caso individualmente. Mas não há nada para discutir, no momento, pelo menos não com o governo sueco”, afirmou Stefan Löfven.

Matéria Relacionada

Suécia - Venda de caças ao Brasil é oportunidade de ampliar Negócios Link


 



Outras coberturas especiais


Russia Docs

Russia Docs

Última atualização 19 NOV, 16:00

MAIS LIDAS

Gripen NG Brazil