COBERTURA ESPECIAL - F-X2 - Aviação

28 de Fevereiro, 2014 - 10:25 ( Brasília )

FAB diz que há compromisso com Suécia para empréstimo de caças


O comandante da Força Aérea Brasileira (FAB), Juniti Saito, disse nesta quinta-feira, no Senado Federal, que há um compromisso entre o Brasil e a Suécia por um empréstimo de 10 a 12 aeronaves para suprir a carência de caças até a chegada dos Gripen NG, que o governo brasileiro decidiu comprar da sueca Saab. Embora não tenha dado o empréstimo como confirmado, Saito diz já ter recebido a oferta para que pilotos brasileiros treinem na “aeronave tampão”, o Gripen C/D.

“Já há um compromisso da Força Aérea e da Defesa sueca em proporcionar esse tipo de apoio”, disse o comandante, em resposta a uma pergunta do presidente da Comissão de Relações Exteriores do Senado, Ricardo Ferraço (PMDB-ES). Questionado na saída da reunião sobre o empréstimo, Saito disse que há possibilidade de os caças emprestados chegarem em 2016, mas que o acordo ainda não estava fechado. “Isso está sendo tratado com bastante reserva, mas se isso for possível, (será) no início de 2016. Vamos ver”, afirmou o comandante, que foi ao Senado para audiência pública sobre a compra dos aviões.

Os caças comprados pelo Brasil só devem chegar no fim de 2018 e passar a integrar a frota entre 2019 e 2020. A aquisição de 36 Gripen NG foi anunciada em 18 de dezembro do ano passado, em um contrato no valor de US$ 4,5 bilhões. A aeronave era finalista do projeto de renovação de caças junto do francês Rafale (Dassault) e do americano  F-18 Super Hornet (Boeing). A empresa sueca foi considerada a que apresentou melhor oferta de transferência de tecnologia e custo mais baixo.

A necessidade do Brasil em obter caças emprestados existe pela aposentadoria dos caças Mirage, no ano passado. Até a possível chegada dos Gripen C/D, uma versão inferior aos 36 adquiridos pelo governo brasileiro, a FAB terá de usar o F-5, uma aeronave de ataque ao solo, para fazer a defesa aérea brasileira. “Naturalmente não seria uma aeronave ideal, mas cumpriremos da melhor maneira possível”, disse Saito.



Outras coberturas especiais


Superior Tribunal Militar

Superior Tribunal Militar

Última atualização 18 OUT, 15:36

MAIS LIDAS

F-X2