COBERTURA ESPECIAL - Fronteiras - Defesa

10 de Setembro, 2014 - 09:30 ( Brasília )

Brasil e Colômbia debatem segurança e inteligência nas fronteiras


Integrantes da Comissão Binacional Fronteiriça (Combifron) estiveram reunidos em Bogotá, na Colômbia, para o terceiro encontro do grupo. No evento, o subchefe de Inteligência de Defesa, almirante José Luiz Corrêa da Silva, destacou a importância do organismo bilateral para auxiliar no enfrentamento ao crime transfronteiriço.

Entre os últimos dias 1 e 5 de setembro, os participantes do encontro debateram ideias e procedimentos com o objetivo de renovar a parceria entre Brasil e Colômbia em entendimentos de segurança e inteligência. A próxima reunião será realizada em Brasília (DF), ainda este ano, em data a ser definida.

Combifron

Realizados anualmente, os diálogos do Combifron acontecem de acordo com o Plano Binacional de Segurança Fronteiriça. Também são determinados em carta de compromisso firmada entre os ministérios da Defesa, da Justiça e das Relações Exteriores, além do Ministério da Defesa Nacional da Colômbia.

A finalidade da comissão é fortalecer a cooperação entre os dois países, com foco no desenvolvimento de tarefas a serem conduzidas pelos representantes militares, civis e diplomáticos.

A fronteira entre Brasil e Colômbia tem 1,65 km de extensão – toda ela na região amazônica.