COBERTURA ESPECIAL - Brasil - Rússia - Geopolítica

15 de Outubro, 2013 - 16:00 ( Brasília )

BR-RU - Amorim Lançará o F-X2.5.1?

Russos chegam para negociar sistemas de Defesa Antiaérea, mas não perderão a oportunidade de que Amorim lance o F-X2.5.1.

Nota DefesaNet

Será finalmente assinada a compra das baterias do Sistema Antiaéreo Pantsir?

Após a expectativa com a visita da presdidente Dilma à Moscou em Dezembro, do EMCFA Gen De Nardi à Moscou e de Medvedev, ao Brasil, em Fevereiro, e de grande delegação de empresários russos na LAAD 2013.

Agora é Ministro da Defesa da Rússia  que visita Brasília e o Peru. No país andino a possibilidade de vender equipamentos, como o Carro de Combate T90C e o blindado  BTR80.

Notícias relacionadas ao Brasil

O Editor

Nelson During
Editor-Chefe defesaNet
 
Com base na notícia do jornal Folha de São Paulo, do jornalista Andrei Netto, publicada hoje, o ministro Celso Amorim está prestes a lançar o Programa F-X2.5.1.

Continuará a evolução do Programa F-X2.5 lançado, em 06 Fevereiro 2009, pelo então ministro da Defesa Nelson Jobim, em entrevista ao Programa “Bom Dia Ministro” da Empresa Brasileira de Comunicação.
 
Ao responder pergunta de Marcelo Freitas (Rádio Band News/DF) sobre a Estratégia Nacional de Defesa e o Programa F-X2 o ministro respondeu como segue:

 

O senhor sabe que na última “short list” feita pela FAB, nós tivemos três aviões selecionados: O F/A-18 E/F americano, o Rafale francês e o Gripen NG sueco. Agora ontem (terça-feira 3FEV09), eu recebi, no Ministério da Defesa, a visita da Rosoboronexport, que é uma empresa russa que projeta o Sukhoi, o SU-35, que é o novo Sukhoi e deseja trazer complementos para ver a possibilidade de ser (re)examinado. Eu disse que era possível trazer esse material, e que a FAB examinaria. O mesmo se passou com os europeus, com os italianos em relação ao Eurofighter. Ou seja, nós teremos lá por julho, julho ou agosto, uma decisão final da escolha técnica, das opções técnicas da FAB para depois tomarmos a decisão política .... que os americanos ou franceses ou suecos possam ter entendimento com empresas brasileiras para o desenvolvimento de um caça de quinta geração no Brasil.” ( ver a matéria - Jobim Lança o Projeto F-X2.5 )

 
Mesmo com a não oficialização deste fato, pois o Ministro mais o Comandante da Aeronáutica embarcaram no dia 08 fevereiro, para a Antártida e ao retornarem parece que a catequização zen-budista do Brigadeiro Saito fez Jobim mudar de pensamento.
 
Porém, o que foi dito aos russos passou a ser lei. Em 2010, durante a FIDAE em Santiago do Chile, Alexander Fomin, Diretor do Serviço Federal da Cooperação Técnico-militar, e chefe da Delegação da Federação da, não só relembrou este caso como ofeeceu uma parceria ao Brasil no caça de quinta geração PAK-FA.

Em Dezembro de 2012, a Presidente Dilma Rousseff em visita à Moscou, deu partida às negociações para aquisição de sistemas de defesa antiaérea.
 
Que foi seguida com a visita do Chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas (EMCFA), General-de-Exército De Nardi à Moscou e conversas com Chefe do Estado-Maior Geral Russo, Coronel-General Valery Gerasimov.

Em Fevereiro o pimeiro-ministro Medvedev esteve em Brasilia e foi assinado  um Memorando de Entendimento - DECLARAÇÃO DE INTENÇÕES ENTRE O MINISTÉRIO DA DEFESA DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL E O SERVIÇO FEDERAL DE COOPERAÇÃO TÉCNICO-MILITAR DA FEDERAÇÃO RUSSA RELATIVA À COOPERAÇÃO EM DEFESA ANTIAÉREA.
 
Este entendimento segue agora com a visita do Ministro da Defesa da Federação da Rússia, que espera fechar a negociação referente aos sistemas de Defesa Antiaérea.
 
Porém, sempre restará a esperança que o ministro Amorim lance o F-X2.5.1, e estarão preparados para ele.



Outras coberturas especiais


Nuclear

Nuclear

Última atualização 20 SET, 16:30

MAIS LIDAS

Brasil - Rússia