06 de Janeiro, 2014 - 23:10 ( Brasília )

Aviação

Boeing - Em 2013 recorde de entregas de aeronaves comerciais

Também com o segundo maior ano em número de encomendas.



-  648 entregas é a maior marca já registrada em um único ano
- 1.355 encomendas comerciais líquidas é a segunda maior marca da história da empresa



SEATTLE, 6 de janeiro de 2014
– A Boeing estabeleceu em 2013 um novo recorde para o número de aeronaves comerciais entregues pela empresa em um único ano, com 648 unidades. As encomendas comerciais ainda não entregues totalizaram 5.080 unidades no final do ano – outro novo recorde da Boeing.

Em 2013, a Boeing também registrou a marca de 1.531 encomendas comerciais brutas, um novo recorde da empresa, e 1.355 encomendas comerciais líquidas, o segundo maior número da história da empresa.

“Com uma sólida execução dos diversos aumentos das nossas taxas de produção, a equipe Boeing teve um ótimo desempenho em 2013”, disse Ray Conner, Presidente e CEO da Boeing Aviação Comercial. “Nunca entregamos tantas aeronaves avançadas e de maior eficiência energética aos nossos clientes, e isso é um grande exemplo do que nossa equipe pode realizar."

Três programas estabeleceram um novo recorde de entregas em 2013:

O programa 737 entregou 440 aeronaves 737 Next-Generation
O programa 777 entregou 98 aeronaves
O programa 787 entregou 65 Dreamliners, que agora são operados por 16 clientes em todo o mundo.

Com a conquista de taxas de produção mais altas em 2013, as três unidades de produção da Boeing Aviação Comercial localizadas em Everett e Renton, em Washington, e em North Charleston, na Carolina do Sul, entregaram também um número recorde de aeronaves.

 A liderança da Boeing no mercado de corredor duplo foi mantida em 2013 com o lançamento de dois novos programas de aeronaves. O 777X foi lançado em novembro no Salão Aeronáutico de Dubai, com 259 encomendas e compromissos da ordem de 95 bilhões de dólares, a preço de tabela. Em junho, a Boeing lançou ainda o 787-10 Dreamliner, a aeronave comercial de maior eficiência energética da história, no Salão Aeronáutico Paris.

“Estamos muito entusiasmados com este ano que começa e nos preparando para entregar o primeiro 787-9 e continuaremos trabalhando no design de nossos produtos mais recentes – o 737 MAX, o 787-10 e o 777 – e, em paralelo, aumentaremos as taxas de produção do 737”, disse Conner. “Continuaremos focados em cumprir os compromissos com nossos clientes, entregando os melhores produtos e serviços.”

Em 31 de dezembro de 2013, o total de encomendas, entregas e encomendas não entregues por programa foi:

Família Encomendas brutas Encomendas líquidas Entregas Encomendas ainda não entregues 
737 1.208 1.046 440 3,680
747 17 12 24 55
767 2 2 21 49
777 121 113 98 380
787 183 182 65 916
Total 1.531 1.355 648 5,080
 
 

Para a área de Defesa, Espaço e Segurança foram os seguintes números em 2013:

Defense, Space & Security Programs

  #4T   2013  
 

AEW&C

-

 

-

 
 

Apache (Novos)

6

 

37

 
 

Chinook (Novos)

12

 

44

 
 

C-17

2

 

10

 
 

F-15

11

 

14

 
 

F/A-18E/F e EA-18G

12

 

48

 
 

P-8

4

 

11

 
 

Satélites (Governo & Comercial)

5

 

7