COBERTURA ESPECIAL - OTAN - Geopolítica

29 de Março, 2022 - 12:50 ( Brasília )

EUA enviarão à Alemanha seis aviões para guerra eletrônica


Os Estados Unidos enviarão seis aviões à Alemanha para bloquear radares inimigos, com o objetivo de melhorar as capacidades da OTAN no leste da Europa, informou o Pentágono nesta segunda-feira (28).

Os aviões EA-18G Growler "não estão sendo enviados para serem utilizados contra as forças russas na Ucrânia", assinalou o porta-voz do Pentágono, John Kirby. "Estão sendo enviados em consonância com nossos esforços para reforçar as capacidades de dissuasão e defesa da OTAN ao longo do flanco oriental".

Kirby disse que os aviões eram esperados nesta segunda-feira na Base Aérea de Spangdahlem, no oeste da Alemanha, procedentes da Estação Aérea Naval de Whidbey Island, no estado de Washington.

O porta-voz informou que os aviões, uma versão modificada do F/A-18, utilizam sensores para interferir no funcionamento dos radares e sistemas de defesa aéreo inimigos.

Os aviões serão acompanhados do envio de 240 integrantes da Marinha americana para a Alemanha, acrescentou o porta-voz. A Casa Branca planeja destinar 6,9 bilhões de dólares para ajudar a Ucrânia a se defender da invasão russa e apoiar os países-membros da OTAN, segundo sua proposta orçamentária revelada nesta segunda-feira.

Os Estados Unidos incrementaram a ajuda à Ucrânia após a invasão russa, incluindo assistência em matéria de segurança e ajuda humanitária. O presidente ucraniano, Volodimir Zelensky, pediu aos países da OTAN que enviassem mais armas à Ucrânia, como aviões de combate avançados, sistemas de defesa antimísseis, tanques, veículos blindados e mísseis. Washington, no entanto, descartou até agora o envio de aviões e armamento de grande potencial ofensivo à Ucrânia.

O presidente americano, Joe Biden, disse que não quer cruzar a linha do que, segundo ele, poderia se transformar na "Terceira Guerra Mundial", o enfrentamento entre uma Rússia com armas nucleares e a OTAN.


O Boeing EA-18G Growler é um avião de combate feito primordialmente para guerra eletrônica. Ele foi desenvolvido pela empresa Boeing como uma variante do F/A-18F Super Hornet.

O EA-18G está substituindo o Northrop Grumman EA-6B Prowler na Marinha dos Estados Unidos. Esta aeronave começou a ser produzido em 2007 e entrou no serviço ativo em 2009. Mais de 100 destes aviões já foram construídos.


 

Leia os artigos relacioandos: Nota: Os artigos estão na  versão em ingles

Boeing Inducts First EA-18G Growler for U.S. Navy Modification Program[Link]

Boeing Expands Partnerships with German Industry on F/A-18 Super Hornet and EA-18G Growler[Link]

The Australian Growler: Ready to Fly, Ready to Jam[Link]

Reino Unido vai intensificar pressão econômica sobre a Rússia, diz Johnson a Zelenskiy

O Reino Unido irá intensificar a pressão econômica sobre a Rússia, afirmou o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, ao presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskiy, em uma teleconferência antes das negociações de paz por conta da invasão russa à Ucrânia.

"O presidente Zelenskiy ofereceu uma atualização sobre as negociações e os dois líderes concordaram em coordenar de perto nos próximos dias" afirmou o gabinete de Johnson ao informar sobre a conversa. "O primeiro-ministro reiterou que o Reino Unido irá manter e intensificar a pressão econômica sobre o regime de Putin."


VEJA MAIS