BOEING BRASIL III – Comando da FAB ignorou ressalvas técnicas e aprovou negócio com a Boeing

Nota DefesaNet

Série de artigos produzidos pelo o Antagonista e reproduzidos por DefesaNet baseados no Relatório Reservado da FAB “Parecer Técnico sobre negociação EMBRAER BOEING”, distribuído para o Estado-Maior da Aeronáutica (EMAER), em 18 Dezembro 2018,

1- BOEING BRASIL I – Venda da Embraer Comercial condenará área de Defesa, diz parecer sigiloso da FAB Link

2 – BOEING BRASIL II – Parecer da FAB indica que Embraer ‘salvou’ Boeing Link

3 – BOEING BRASIL III – Comando da FAB ignorou ressalvas técnicas e aprovou negócio com a Boeing Link

O Editor

Claudio Dantas

O Antagonista

23 Maio 2019

No parecer sigiloso, obtido por O Antagonista, o Comando da Aeronáutica conclui favoravelmente pelo negócio da Embraer com a Boeing.

Curiosamente, ignora as ressalvas técnicas feitas ao longo do documento e endossa a versão oficial de salvação da companhia brasileira.

Nada fala das necessidades da Boeing, que dariam à Embraer posição estratégica para melhorar as condições do negócio. Nada também sobre a incapacidade de garantir investimentos na área de Defesa ou sobre o risco de absorção do corpo de engenheiros pela Boeing.

Compartilhar:

Leia também

Inscreva-se na nossa newsletter