COBERTURA ESPECIAL - Panorama Haiti - Defesa

01 de Novembro, 2013 - 17:00 ( Brasília )

Governo brasileiro lamenta morte de soldado no Haiti


Brasília, 01/11/2013 – O governo brasileiro, por meio do Ministério das Relações Exteriores, divulgou, na tarde desta sexta-feira (1º), nota de pesar na qual lamenta o falecimento do soldado Geraldo Barbosa Luiz, de 21 anos, ocorrido na madrugada de hoje, em Porto Príncipe, no Haiti.

Integrante do Esquadrão de Fuzileiros de Força de Paz, o soldado ainda chegou a ser levado para um hospital, de onde veio a falecer.


O militar integrava o 18º Batalhão de Infantaria da Força de Paz do Haiti (Brabat) e servia no 11º Regimento de Cavalaria Mecanizado (RCMec), em Ponta Porã (MS). 

O ministro da Defesa, Celso Amorim, também enviou aos familiares do soldado telegrama manifestando pesar o ocorrido. Foi aberto Inquérito Policial Militar (IPM) para apurar o ocorrido. O prazo previsto é de 40 dias. 


A seguir a íntegra da nota divulgada pelo Itamaraty.

Ministério das Relações Exteriores - Assessoria de Imprensa do Gabinete

Nota nº 377
1º. de novembro de 2013


Falecimento de soldado brasileiro da MINUSTAH

O Governo brasileiro lamenta, com grande pesar, o falecimento, no dia de hoje, do soldado Geraldo Barbosa Luiz, membro do contingente brasileiro da Missão das Nações Unidas para a Estabilização no Haiti (MINUSTAH). 

O Governo brasileiro transmite suas manifestações de consternação e tristeza aos familiares do soldado pela perda pessoal que sofreram e reitera seu compromisso de longo prazo com o Haiti e a MINUSTAH.