24 de Maio, 2012 - 10:45 ( Brasília )

Marinha do Irã evita ataque pirata a navio dos EUA no Mar de Omã


A Marinha do Irã evitou a abordagem por piratas supostamente somalis ao navio mercante americano Texas Maersk na áera do Mar de Omã, informou nesta quinta-feira a agência iraniana Isna.

Segundo a agência, a Marinha iraniana afirmou hoje que a embarcação comercial americana, que era atacada por várias embarcações piratas, emitiu um sinal de socorro que foi atendido pela pequena frota iraniana que vigia a área.

Os botes rápidos das piratas que acossavam o mercante fugiram da área logo após perceber que os navios de guerra iranianos se aproximavam. "A tripulação do Texas Maersk agradeceu a oportuna resposta da pequena frota iraniana a seu pedido de ajuda e prosseguiu sua viagem", acrescentou a agência.

A Marinha iraniana começou suas operações contra a pirataria somali no Oceano Índico e no Golfo de Áden em 2008, após o sequestro do cargueiro MV Delight, contratado pelo Irã.

Nos últimos sete anos, os piratas somalis aumentaram seus sequestros, cada vez dispõem de melhores meios de navegação, comunicações e armamento e se afastam mais de suas bases para ampliar sua área de atuação.

Navios de guerra de mais de 30 países patrulham as águas da zona próxima à Somália para tentar evitar as ações de piratas na área, pela qual passam algumas das rotas marítimas mais transitadas do mundo.