30 de Outubro, 2013 - 16:45 ( Brasília )

Marinha americana lança navio de guerra maior, mais rápido e letal


Um novo navio de guerra da Marinha americana chegou nesta semana a um estaleiro no Estado de Maine para a fase final de sua construção. O USS Zumwalt, da nova classe de destróieres DDG-1000, é maior, mais rápido e carrega um novo sistema de armas que o permite destruir alvos a uma distância de mais de 60 milhas (cerca de 96 km), informa a Marinha americana. 

Quando começar a operar, o Zumwalt será o maior navio "stealth" - capacidade para se manter oculto a radares - da frota americana. 

Com 610 pés (186 m) de comprimento e 81 pés (24,6 m) de largura, o navio é mais longo e fino do que o USS Arizona, navio de guerra que foi afundado em Pearl Harbor, mas tem a metade do peso. Parte da estrutura do navio é feito de um composto de fibra de carbono leve, que também permite que o navio seja 50 vezes mais difícil de detectar por radares inimigos.

Segundo a rede de notícias CNN, a Marinha planejou gastar até US$ 9 bilhões em pesquisa e desenvolvimento no programa DDG-100 e até US$ 20 bilhões no design e entrega de sete navios. Mas o aumento dos custos levaram ao corte da produção para apenas três embarcações.

De acordo com a CNN, ele passará agora para a fase de instalação de armas, incluindo os mísseis com capacidade de atingir um alvo a 63 milhas de distância (cerca de 101 km), o triplo dos destróieres comuns. Também será equipado com um novo sistema de lançamento capaz de disparar 80 mísseis, incluindo mísseis cruzeiro Tomahawk e terra-ar Seasparrow. 

A expectativa é que o Zumwalt carregue uma tripulação de 150 pessoas, contra os 275 das classes de destróieres anteriores, e possa levar dois helicópteros Seahawk ou quadro veículos aéreos não tripulados (drones). 

O estaleiro pretende concluir a construção do navio e entregá-lo a Marinha no próximo ano.