28 de Setembro, 2013 - 09:00 ( Brasília )

Navio-patrulha oceânico Araguari integra frota do País

Embarcação está subordinada ao Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Nordeste e será usada para a proteção da chamada Amazônia Azul

Portal Brasil

A Marinha do Brasil já conta com o terceiro e último dos navios-patrulha oceânicos (NPaOc) adquiridos junto à BAE Systems, no Reino Unido. Nos últimos dias, a embarcação batizada de “Araguari” chegou à cidade do Rio de Janeiro – destino final da travessia.

Durante um mês e meio, o navio passou por países africanos, onde foram realizados exercícios conjuntos de treinamento de ações antipirataria com as Forças Navais de nações-amigas.

Incorporado à Marinha em 21 de junho deste ano, em Portsmouth, na Inglaterra, o navio iniciou viagem em direção ao Brasil em 3 de agosto. Nesse período, foram feitas escalas em Lisboa (Portugal); e nos portos africanos de Mindelo (Cabo Verde), Lagos (Nigéria), Douala (Camarões), Malabo (Guiné Equatorial) e São Tomé (São Tomé e Príncipe).

O objetivo das visitas foi aproximar os países na troca de informações e na obtenção de sinergias para o reforço do controle e fiscalização das águas territoriais. A política de defesa brasileira enfatiza a importância do Atlântico Sul, alvo de cooperação para que a região continue sendo pacífica.

Agora, a embarcação está subordinada ao Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Nordeste. Junto com o “Amazonas” e o “Apa”, será usada para a proteção da chamada Amazônia Azul – área marítima de 4,5 milhões de quilômetros quadrados que corresponde, em tamanho, à Amazônia terrestre.

A principal característica desses meios é a flexibilidade, o que torna possível a utilização em tarefas como patrulha naval, assistência humanitária, busca e salvamento, fiscalização, repressão às atividades ilícitas e prevenção contra a poluição hídrica.
 

A AQUISIÇÃO DESTES TRÊS NAVIOS DE PATRULHA OCEÂNICA DA BAE SYSTEMS SÃO UMA IMPORTANTE CONTRIBUIÇÃO À NOSSA CAPACIDADE DE PROVER SEGURANÇA E PROTEÇÃO ÀS ÁGUAS JURISDICIONAIS DO PAÍS E DE CUMPRIR AS NOSSAS OBRIGAÇÕES DE AUTORIDADE MARÍTIMA DO BRASIL - See more at: http://www.baesystems.com/enhancedarticle/BAES_157155/mar#sthash.OwqdynzF.dpuf
QUISIÇÃO DESTES TRÊS NAVIOS DE PATRULHA OCEÂNICA DA BAE SYSTEMS SÃO UMA IMPORTANTE CONTRIBUIÇÃO À NOSSA CAPACIDADE DE PROVER SEGURANÇA E PROTEÇÃO ÀS ÁGUAS JURISDICIONAIS DO PAÍS E DE CUMPRIR AS NOSSAS OBRIGAÇÕES DE AUTORIDADE MARÍTIMA DO BRASIL - See more at: http://www.baesystems.com/enhancedarticle/BAES_157155/mar#sthash.OwqdynzF.dpuf
A AQUISIÇÃO DESTES TRÊS NAVIOS DE PATRULHA OCEÂNICA DA BAE SYSTEMS SÃO UMA IMPORTANTE CONTRIBUIÇÃO À NOSSA CAPACIDADE DE PROVER SEGURANÇA E PROTEÇÃO ÀS ÁGUAS JURISDICIONAIS DO PAÍS E DE CUMPRIR AS NOSSAS OBRIGAÇÕES DE AUTORIDADE MARÍTIMA DO BRASIL - See more at: http://www.baesystems.com/enhancedarticle/BAES_157155/mar#sthash.OwqdynzF.dpuf
A AQUISIÇÃO DESTES TRÊS NAVIOS DE PATRULHA OCEÂNICA DA BAE SYSTEMS SÃO UMA IMPORTANTE CONTRIBUIÇÃO À NOSSA CAPACIDADE DE PROVER SEGURANÇA E PROTEÇÃO ÀS ÁGUAS JURISDICIONAIS DO PAÍS E DE CUMPRIR AS NOSSAS OBRIGAÇÕES DE AUTORIDADE MARÍTIMA DO BRASIL - See more at: http://www.baesystems.com/enhancedarticle/BAES_157155/mar#sthash.OwqdynzF.dpuf
A AQUISIÇÃO DESTES TRÊS NAVIOS DE PATRULHA OCEÂNICA DA BAE SYSTEMS SÃO UMA IMPORTANTE CONTRIBUIÇÃO À NOSSA CAPACIDADE DE PROVER SEGURANÇA E PROTEÇÃO ÀS ÁGUAS JURISDICIONAIS DO PAÍS E DE CUMPRIR AS NOSSAS OBRIGAÇÕES DE AUTORIDADE MARÍTIMA DO BRASIL - See more at: http://www.baesystems.com/enhancedarticle/BAES_157155/mar#sthash.OwqdynzF.dpuf