COBERTURA ESPECIAL - Eventos - Defesa

05 de Agosto, 2016 - 11:10 ( Brasília )

Rio 2016 terá boletins diários sobre segurança, defesa e inteligência




Os ministros Raul Jungmann (Defesa), Alexandre de Moraes (Justiça e Cidadania) e Sergio Etchegoyen (Gabinete da Segurança Institucional) divulgarão boletins diários sobre os eixos de segurança, defesa e inteligência dos Jogos Olímpicos Rio 2016. A decisão foi anunciada nesta quinta-feira (04), durante reunião das principais autoridades do governo federal envolvidas nos preparativos da olímpiada.

Amanhã, os três eixos passarão pelo primeiro grande teste. Na cerimônia de abertura, as Forças Armadas vão contar com 5.120 militares. Até hoje à tarde, 42 dignitários tinham confirmado presença na recepção oferecida pelo governo brasileiro no Palácio do Itamaraty, no centro da capital fluminense, e na cerimônia de abertura dos Jogos, às 20h, no Maracanã. De acordo com a organização, 80 mil pessoas estarão no estádio Mário Filho. A expectativa é de um público de 3 bilhões de pessoas acompanhando os eventos esportivos.

A reunião de hoje aconteceu no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), no Rio. Durante o encontro, sob coordenação do ministro chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, os diversos setores do governo federal apresentaram os detalhes dos preparativos para o grande evento, que tomará os principais pontos da cidade até o dia 21 de agosto. Em setembro haverá os Jogos Paralímpicos.

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, voltou a assegurar que as Forças Armadas cumpriram a totalidade dos encargos previstos em compromisso com o Comitê Olímpico Internacional (COI). Na reunião, o cerimonial do Ministério das Relações Exteriores (MRE) apresentou o plano de ação nas cerimônias que acontecerão no Itamaraty e no Maracanã. A expectativa é que o evento de abertura termine por volta de 23h, com a saída do presidente interino Michel Temer.



Outras coberturas especiais


Vant

Vant

Última atualização 22 SET, 16:00

MAIS LIDAS

Eventos