COBERTURA ESPECIAL - Embraer

26 de Setembro, 2014 - 11:40 ( Brasília )

LAS - Walkaround do ST A-29 da USAF

Interessante série de fotografias mostrando invações no LAS.

 

Matérias Relacionadas

LAS - Presented First U.S. Built A-29 Super Tucano for USAF Link

LAS - Apresentado o primeiro A-29 Super Tucano feito nos Estados Unidos Link

O Edtor

Especial DefesaNet


A apresentação do primeiro avião A-29 Super Tucano fabricado nos Estados Unidos dentro do programa de Apoio Aéreo Leve (Light Air Support  Aircraft - LAS), da USAF é um feito sem precedentes na história da indústria aeronáutica brasileira.

Pela primeira vez uma aeronave desenvolvida, concebida e montada em boa parte no Brasil é adquirida pelas Forças Armadas Americanas. É a segunda tentativa da EMBRAER de entrar no mercado americano de defesa. A primeira foi com o Programa Aerial Common Sensor (ACS), aeronave de inteligência, baseada na plataforma do ERJ-145, desenvolvida em conjunto com a Lockheed Martin, que não teve uma boa continuidade pelas divergências de especificações e missões.

A aeronave apresentada é a primeira de 20 que serão empregadas como treinador avançado para o  programa de Apoio Aéreo Leve (LAS), para dar apoio à estabilidade do Afeganistão, à medida que o país assuma mais responsabilidade pela segurança com a redistribuição das forças da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN).

Nas negociações iniciais era mencionada  a possibilidade 100 chegando até mesmo ao número de 200 aeronaves. O A-29 poderia ser usado nos moldes do F-5, da então empresa Northrop, nos anos 60-70, que foi empregado como Freedom Fighter. Na prática uma aeronave de baixo custo oferecido para nações aliadas.

No caso do A-29 poderia também ser desenvolvido para missões de inteligência e vigilância de fronteiras para os próprios Estados Unidos. Uma experiência foi realizada pela empresa Blackwater, com um Super Tucano alugado à EMBRAER, patrulhando a fronteira Americana-Mexiacana.


Análise da Foto

O primeiro LAS A-29 Super Tucano mostrou um interessante detalhe. Painéis colocados nas partes laterais da cabine pelo parte externa.


Em princípio podemos especular que sejam placas de blindagem adicional para os pilotos.

Interessante também a hipótese de antenas laterais para missões de inteligência.



Vista do lado esquerdo da aeronave - Foto EMBRAER Defesa & Segurança




Vista do lado direito da aeronave - Foto EMBRAER Defesa & Segurança


 

O projeto LAS é uma parceria entre a empresa americana  Sierra Nevada Corporation (SNC) e a Embraer Defesa & Segurança. A montagem é em uma instalação em Jacksonville, na Flórida, para as encomendas americanas e continuará no Brasil (Gavião Peixoto), para outros clientes.

A maior parte dos equipamentos e funcionários são americanos. Em março de 2013, a Embraer oficialmente inaugurou instalações com 3.716 metros quadrados na cidade de Jacksonville, na Flórida, para produzir as aeronaves do programa LAS e contratou 72 funcionários. As instalações em Jacksonville realizam as etapas de pré-equipagem, montagem mecânica e estrutural, instalação e teste de sistemas e testes em voo das aeronaves A-29. Por meio do programa LAS, a Sierra Nevada e a Embraer ajudam a manter mais de 1.400 empregos em mais de 100 empresas nos Estados Unidos.

O acordo de US$ 427,5 milhões para 20 aeronaves, bem como treinamento, suporte e peças de reposição, foi antecipado para ser a primeira linha de trabalho.Uma segunda compra de mais 20 aeronaves  não foi confirmado devido a redução do orçamento. Porém, executivos da EMBRAER Defesa & Segurança apostam no futuro do programa.

O contrato assinado com a USAF prevê:

  • 20 aeronaves Super Tucano;
  • 6 Estações de Planejamento de Missão;
  • 6 Sistemas de Debriefing de Missões;
  • 2 sistemas terrestre de treinamento para pilotos: 1 computer-based trainer, 1 simulador de voo;
  • Apoio para a manutenção das aeronaves;
  • Peças de reposição;
  • Ativação de base de Trabalho fora dos Estados Unidos, e,
  • LAS certificação de voo aos padrões da United States Air Force Military Training Center.

A fábrica da EMBRAER  abriu em fevereiro de 2014,  e o primeiro A-29 já foi aceito pela USAF. Oito aeronaves estão na linha em vários estágios de montagem final. A aeronave final está prevista para entrega no verão de 2015. Também operações no Afeganistão estão previstas para 2015.