COBERTURA ESPECIAL - Embraer - Aviação

12 de Novembro, 2013 - 10:03 ( Brasília )

Embraer irá para feira em Dubai

Fabricante brasileira de aviões levará dois modelos para a Dubai Air Show, feira do setor que será realizada na próxima semana nos Emirados Árabes Unidos.

Agência de Notícias Brasil-Árabe

A Embraer anunciou nesta segunda-feira (11) que irá participar na próxima semana da 13º edição da Dubai Air Show, feira de aviação que é realizada na cidade. A fabricante brasileira de aviões afirmou, por meio de nota, que irá promover toda a sua linha durante a mostra e levará uma unidade do jato Legacy 650 e outra do Lineage 1000, seus dois maiores jatos para a aviação executiva.

Segundo a companhia, o Oriente Médio é o principal mercado para o Lineage 1000 e o segundo maior mercado para o Legacy 650. O Lineage pode voar até 8.519 quilômetros sem parar para reabastecer com até oito passageiros e três tripulantes a bordo. A partir de Dubai, ele chega a Madri, Londres, Paris, Nova Delhi, Pequim, Moscou e Tóquio, entre outros destinos, sem escalas. Já o Legacy 650 voa 7.223 km com quatro passageiros e dois tripulantes.

Segundo o comunicado da Embraer, a participação dos jatos da companhia brasileira tem crescido no Oriente Médio. O primeiro jato comercial a operar na região foi um E170, em 2005, comprado pela Saudi Arabian Airlines. Atualmente, há 63 aviões da família de jatos comerciais da Embraer (E170, E175, E190 e E195) operando em nove companhias aéreas de seis países árabes.

Além de operar os jatos Embraer, os países árabes abrigam três centros de manutenção, reparo e revisão dos aviões da empresa. O centro de manutenção para jatos comerciais fica no Cairo, no Egito, Norte da África. Já os aviões de aviação executiva podem ser levados para Dubai ou para Abu Dhabi para a realização das revisões periódicas.

A Dubai Air Show será realizada no aeroporto Dubai World Central entre 17 e 21 de novembro. De acordo com a organização da feira, haverá mais de mil expositores e 60 mil visitantes. Além de participar do evento, a Embraer irá conceder uma entrevista coletiva no primeiro dia. A fabricante brasileira já fechou negócios em edições anteriores da mostra.