20 de Janeiro, 2020 - 10:25 ( Brasília )

Aviação

Criação do Ministério da Aeronáutica completa 79 anos

Para celebrar a data, INCAER realiza até o próximo dia 21 uma exposição sobre Santos-Dumont e a Força Aérea Brasileira

Aspirante Letícia E Capitão Oliveira Lima

A criação do Ministério da Aeronáutica completa, nesta segunda-feira (20), 79 anos. O decreto de criação foi assinado em 1941, pelo então Presidente da República Getúlio Vargas, quando transferiu militares, servidores civis, aviões e instalações da Marinha, do Exército e do Ministério da Viação e Obras Públicas para a Aeronáutica. A partir de então, recebeu a denominação de Forças Aéreas Nacionais.

Diante da atuação do primeiro Ministro da Aeronáutica, Joaquim Salgado Filho, e sua equipe, com o desafio de desenvolver a aviação civil, a infraestrutura, a indústria nacional do setor, as escolas de formação e o braço-armado da Força, tiveram início a edificação do poder aéreo brasileiro e todas as transformações que a aviação proporcionou à Nação.

Com esse ambiente de crescimento, foi decretada, em 22 de maio de 1941, a nova denominação: Força Aérea Brasileira, com a sigla FAB, dando individualidade à Força pela evidência da sua nacionalidade.

Para celebrar a data, o Instituto Histórico-Cultural da Aeronáutica (INCAER), sediado no Rio de Janeiro (RJ), realiza até o dia 21 de janeiro uma exposição sobre Santos-Dumont e a Força Aérea Brasileira. A visitação é aberta ao público, de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h.