COBERTURA ESPECIAL - Guerra Híbrida STF - Pensamento

16 de Junho, 2022 - 05:20 ( Brasília )

Comentário Gelio Fregapani - Cenários Sombrios


Comentário Geopolítico
 
 
Cenários sombrios
 
      
A proximidade do pleito de outubro  nos traz a mente a de dois cenários: Um o da vitória do Presidente Bolsonaro e outro o de sua derrota. Em ambos podemos prever conflitos sangrentos.
 
Na medida em que se evidenciar a vitória bolsonarista a fanática esquerda tenderá a ampliar a baderna desencadeando toda a força do mal, aproveitando o banditismo desenfreado que aproveitará do “glamour” do combate à injustiça social para saquear e destruir, devidamente apoiada pela parcela da grande finança, que se aproveita do caos e da licenciosidade; tudo justificado pela maioria dos ministros do STF.

O nível de violência esperado pode ser avaliado pela tentativa de Assassinato do Adélio e das depredações dos Antifas. A ONU e as corporações globalistas procurarão aproveitar as oportunidades que surgirem para nos arrancarem os recursos naturais e nos impedir seu aproveitamento.
     
Que resposta o nosso País poderá dar a esse cenário, se o mesmo acontecer? – Talvez uma repetição de 1988, por mais amargo que seja o remédio.
 
O outro cenário evidentemente é muito pior pois uma vitória de Lula daria legitimidade ao caos moral e financeiro, a abertura dos portões do inferno que poderia, em casos mais extremos, aos campos,  de prisioneiros políticos e aos fuzilamentos em massa tão característicos de quando os comunistas assumem o poder e tem oposição ameaçadora.
      
Pergunta-se entretanto se poderia haver oposição ameaçadora de um povo doutrinado a décadas a não resistir, entregar tudo e a considerar que a honra vale menos que a vida, mas se engana quem pensa que o nosso povo é covarde; ele é apenas legalista.

Na medida em que se evidenciam as ilegalidades do STF e a certeza da fraude milhões de ousados motociclistas seguidos de outros milhões de eleitores virarão a mesa, apesar das centenas de seguranças regiamente pagos pelo STF por mais bem armados que sejam.
 
Mas, será que não existirão outros cenários possíveis? Claro que sim, por exemplo não haver eleições.
 
Quem sabe?
 
Que Deus  nos inspire para o melhor
 
Gelio Fregapani

VEJA MAIS