COBERTURA ESPECIAL - Doutrina Militar - Terrestre

04 de Março, 2022 - 09:20 ( Brasília )

Batalhão de Infantaria Leve passa a integrar Força Estratégica do Exército Brasileiro


O 2º Batalhão de Infantaria Leve (2º BIL) passou a ser uma tropa aeromóvel e a integrar uma das Forças de Emprego Estratégico nível um do Exército Brasileiro no dia 1º de março. Como consequência, permanece em constante estado de prontidão, com sua tropa organizada e adestrada todos os dias do ano.

A nova configuração faz parte das mudanças estratégicas e do processo de transformação da Força, por meio do qual o Comandante do Exército reorganizou a 12ª Brigada de Infantaria Leve (Aeromóvel), assinando portaria em 4 de fevereiro de 2022.

Com essa reorganização, o 2º Batalhão de Infantaria Leve, que estava subordinado à 11ª Brigada de Infantaria Leve, passou a integrar a 12ª Brigada de Infantaria Leve (Aeromóvel), que é subordinada ao Comando Militar do Sudeste e à 2ª Divisão de Exército.

 

A brigada está vinculada, ainda, para fins de planejamento, preparo e emprego, ao Comando de Operações Terrestres (COTER).

A mudança contribui para a ampliação da capacidade militar terrestre, atendendo à Concepção Estratégica da Força, e vai ao encontro do Objetivo Estratégico 01 do Plano Estratégico do Exército para o quadriênio 2020-2023, que é contribuir com a dissuasão extrarregional, ampliando a capacidade operacional, a mobilidade e elasticidade da Força.

Batalhão de Infantaria Leve de Montanha realiza o Estágio Básico do Combatente de Montanha



No período de 21 a 24 de fevereiro, o 10º Batalhão de Infantaria Leve de Montanha (10º BIL Mth) conduziu o 1° Estágio Básico do Combatente de Montanha (EBCM) do ano de 2022, para os novos integrantes das organizações militares das guarnições de Juiz de Fora e Santos Dumont.

 

O objetivo do EBCM é capacitar os militares da única Brigada de Montanha do Exército Brasileiro nas diversas atividades do montanhismo militar. Foram formados 51 novos montanhistas, dentre eles quatro do segmento feminino, que, agora, terão a responsabilidade de fortalecer a mística do Combatente de Montanha.


VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


Relatório Otálvora

Relatório Otálvora

Última atualização 02 JUL, 14:20

MAIS LIDAS

Doutrina Militar