28 de Janeiro, 2016 - 10:30 ( Brasília )

Terrestre

CMS - General Leal Pujol assume o Comando da Elite do Combate Convencional


Ocorreu, no dia 26 de janeiro, no 3º Regimento de Cavalaria de Guarda, a solenidade de passagem do cargo de Comandante Militar do Sul do General de Exército Antônio Hamilton Martins Mourão ao General de Exército Edson Leal Pujol.

A cerimônia foi presidida pelo Comandante do Exército, General de Exército Eduardo Dias da Costa Villas Bôas, e contou com a presença de autoridades civis e militares, de militares da ativa e da reserva e de convidados, totalizando mais de mil pessoas.

O COMANDO MILITAR DO SUL

A criação do CMS ocorreu devido à reestruturação do Exército Brasileiro (EB), em 1985. Sua origem remonta a Inspetoria de Regiões de 1921, no 1o Grupo de Região Militar, em vigor até 1961 e, posteriormente, no III Exército.

O CMS é responsável por garantir a integridade do território nacional no sul do país, enquadrando os três estados: Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. Estrutura-se com duas Divisões de Exército, Grandes Comandos Operacionais, e duas Regiões Militares, encarregadas da administração territorial e do fornecimento de todo o suporte logístico em sua área de atuação. O CMS possui um efetivo de aproximadamente 25% do Exército. Grande parte desse capital humano pertence às unidades de combate que integram as forças mecanizadas e blindadas da Força Terrestre.

Em sua área de jurisdição, o CMS possui os maiores campos de instrução militar do Exército para efetivar todos os seus treinamentos e preparação para o emprego. Essas áreas são capazes de absorver grandes concentrações de tropas para executar qualquer tipo de operação tática, seja no contexto convencional, seja no complexo contexto inerente à guerra de quarta geração.

Os campos de instrução existentes são, de acordo com sua estrutura e base física, particularmente aptos, também, à realização de manobras escolares, uma vez que, durante o ciclo de instrução, elas têm sido utilizadas pelas Escolas de Formação em inúmeros exercícios no terreno, contribuindo, assim, com o sistema de ensino para que a formação dos quadros seja a mais completa e realista possível.

Além disso, no CMS encontram-se desdobradas duas bases aéreas estratégicas da Força Área Brasileira (FAB), uma com sede em Canoas-RS e outra sediada em Santa Maria-RS. Para a FAB, elas são encarregadas da defesa aérea e da manutenção da integridade do espaço aéreo no Cone Sul do Brasil. Atuam no sentido de projetar o poder aeroespacial pela capacidade de pronta resposta e agilidade operacional dos vetores aéreos que são empregados segundo a coordenação do espaço aéreo do Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle do Tráfego Aéreo (CINDACTA II), localizado em Curitiba-PR, órgão integrante do Comando de Defesa Aeroespacial Brasileiro (COMDABRA).

Mais ao Sul, na cidade de Rio Grande, encontra-se 5º Distrito Naval, cuja missão é contribuir para o cumprimento das tarefas de responsabilidade da Marinha do Brasil. Este serve de plataforma de futuras bases de operações navais que possam operar no extremo Sul do território nacional, inclusive projetando o apoio necessário às atividades a serem desenvolvidas no Programa Antártico Brasileiro.

Com essa percepção, o CMS caracteriza-se por desenvolver um conjunto amplo de ações que capacitam suas forças à realização de operações de guerra, de não guerra, bem como ao apoio e à execução de ações subsidiárias. Dessa forma, em treinamentos realizados durante o ciclo de instrução, o CMS desenvolve ações no amplo espectro, em diversas frentes, cujo contexto tende a ser dinamicamente alterado durante as aplicações táticas e estratégicas, ensejando um elevado grau de adestramento, de agilidade operacional, de capacitação de seus quadros e, em particular, de suas estruturas, aptas ao trabalho sincronizado entre si e com as demais forças militares e agências civis que possam estar presentes e envolvidas em um cenário de emprego conjunto e de interagências.

 

- Curriculum Vitae do General de Exército Edson Leal Pujol (sucessor)


Ao ser designado para o cargo de Comandante Militar do Sul, o General de Exército Combatente Edson Leal Pujol era o Secretário de Economia e Finanças. Nascido em 02 de janeiro de 1955, na cidade de Dom Pedrito/RS, é filho do Coronel PM/RS Péricles Corrêa Pujol e da Professora Estadual Maria Lina Leal Pujol.
 

Oriundo do Colégio Militar de Porto Alegre/RS, incorporou às fileiras do Exército em 1º de março de 1971, na Escola Preparatória de Cadetes do Exército, e concluiu a Academia Militar das Agulhas Negras em 15 de dezembro de 1977, tendo sido declarado Aspirante a oficial da Arma de Cavalaria.
 

O General LEAL PUJOL foi promovido ao Posto atual em 31 de março de 2015.


Além dos Cursos de Formação, de Aperfeiçoamento, de Comando e Estado-Maior e de Política, Estratégia e Alta Administração do Exército, realizou, também, dentre outros, os Cursos Básico Paraquedista, Operações de Informações (Curso Básico de Inteligência), Operações na Selva, Operações na Caatinga, Básico de Montanha e Operações Aeromóveis.


No exterior, realizou o Curso Avançado de Blindados na Escola de Blindados do Exército Norte-Americano, em Fort Knox, EUA. Possui, ainda, diversos cursos civis, entre eles os da Escola Nacional de Administração Pública/ENAP e o MBA Executivo, Administração de Negócios, e o de Gerenciamento de Projetos, ambos da Fundação Getúlio Vargas. Realizou, também, Cursos de Especialização em Operações de Paz do Sistema das Nações Unidas.


Durante sua vida militar, serviu no 7º e no 12º Regimento de Cavalaria Mecanizado, no 3º Esquadrão de Cavalaria Mecanizado e no antigo Gabinete Militar da Presidência da República. Foi Instrutor na Academia Militar das Agulhas Negras e na Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais.
 

Como Oficial de Estado-Maior, serviu nos Comandos Militares da Amazônia e do Sul e foi Analista da Área Internacional, Chefe de Divisão e Subchefe no Centro de Inteligência do Exército.


No Exterior, exerceu as funções de Observador Militar das Nações UNIDAS em EL Salvador – ONUSAL, América Central, e de Adido de Defesa, Naval e do Exército junto à Embaixada Brasileira no Suriname, América do Sul.
 

Comandou a Escola de Administração do Exército e o Colégio Militar de Salvador, na Bahia. Como General de Brigada, comandou a 1ª Brigada de Cavalaria Mecanizada, em Santiago/RS e a Academia Militar das Agulhas Negras, AMAN, em Resende/RJ.

Como
General de Divisão, foi Chefe do Centro de Inteligência do Exército, Comandante das Forças de Paz da MINUSTAH, no Haiti, e Secretário-Executivo do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, em Brasília/DF. Como General de Exército, foi Secretário de Economia e Finanças, em Brasília/DF.  

 

Das Condecorações com que foi agraciado, destacam-se: Ordem do Mérito Naval, Ordem do Mérito Militar, Ordem do Mérito da Defesa, Ordem do Mérito da Aeronáutica, a Ordem do Mérito Judiciário, a Ordem do Mérito do Ministério Público Militar e Ordem do Rio Branco; a Medalha Militar de Ouro com Passador de Platina; do Pacificador; e Marechal Hermes, de Prata Dourada com Três Coroas. No Exterior, foi agraciado pelas Forças Armadas da Argentina, Colômbia, Itália, Peru, Suriname, Venezuela E Pela Organização Das Nações Unidas.
 

- Curriculum Vitae do General De Exército  Antônio Hamilton Martins Mourão (sucedido)


Ao ser nomeado para o cargo de Comandante Militar do Sul, em 2014, o General de Exército Antônio Hamilton Martins Mourão exercia o cargo de Vice-Chefe do Departamento de Educação e Cultura do Exército, no Rio de Janeiro.  Ascendeu ao último posto em 31 de março de 2014.


Nascido em 15 de agosto de 1953, na cidade de Porto Alegre, é filho do General de Divisão Antônio Hamilton Mourão e Wanda Coronel Martins Mourão.


Incorporou às fileiras do Exército em 26 de Fevereiro de 1972, na Academia Militar das Agulhas Negras, sediada em Resende – RJ, tendo sido declarado Aspirante a oficial da Arma de Artilharia em 12 de dezembro de 1975.


Além dos Cursos de Formação, Aperfeiçoamento, Altos Estudos Militares da Escola de Comando e Estado-Maior do Exército e do Curso de Política, Estratégia e Alta Administração do Exército, é possuidor dos Cursos Básico Paraquedista, Mestre de Salto e Salto Livre.


Durante sua vida militar, foi instrutor da Academia Militar das Agulhas Negras, cumpriu Missão de Paz em Angola – UNAVEM III e foi Adido Militar na Embaixada do Brasil na Venezuela. Comandou o 27° Grupo de Artilharia de Campanha em Ijuí - RS, a 2ª Brigada de Infantaria de Selva em São Gabriel da Cachoeira - AM e a 6ª Divisão de Exército em Porto Alegre - RS.


Das condecorações com que foi agraciado, destacam-se: a Ordem do Mérito Militar - Grau Grande Oficial;  Medalha Militar de Ouro com Passador de Platina; Medalha do Pacificador; Medalha do Serviço Amazônico com Passador de Bronze; Medalha Corpo de Tropa com passador de Bronze; Cruz Militar ao Mérito Desportivo - Venezuela; Ordem do Mérito Estrela de Carabobo - Venezuela; Medalha das Nações Unidas - UNAVEM III e  Medalha Marechal Osorio - O Legendário.