25 de Outubro, 2011 - 17:34 ( Brasília )

Geopolítica

Exército da Turquia nega entrada de tanques no Iraque


O exército turco desmentiu nesta terça-feira que seus tanques tenham entrado no Iraque para perseguir os rebeldes curdos do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK).

"As informações publicadas na imprensa de que nossos tanques cruzaram a fronteira (iraquiana) são errôneas", afirma um comunicado publicado na internet, que informa que os tanques turcos realizaram manobras em zonas próximas à fronteira turco-iraquiana.

Na segunda-feira à noite, fontes de segurança turcas afirmaram que unidades do exército turco entraram no norte do Iraque para se dirigir a acampamentos do PKK. Cerca de 20 tanques e 30 caminhões militares entraram no Iraque a partir do povoado de Siyahkaya e se dirigiam em direção a bases dos separatistas curdos da Turquia no vale de Haftanin, segundo essas fontes.

Mas posteriormente, duas autoridades iraquianas da guarda fronteiriça e um porta-voz do PKK afirmaram que as forças turcas não entraram em território iraquiano.

O exército turco lançou na semana passada uma ofensiva na fronteira turco-iraquiana em represália pelos múltiplos ataques lançados por mais de 200 rebeldes contra postos militares, que custaram a vida de 24 soldados.

Segundo fontes de segurança turcas, cerca de 10 mil homens participam da operação militar em ambos os lados da fronteira turco-iraquiana.