COBERTURA ESPECIAL - Eventos - Segurança

14 de Maio, 2014 - 09:40 ( Brasília )

Ação para a Copa acontece no Quartel do Exército do Pinheirinho


Agência de Notícias do Paraná
Secretaria da Comunicação Social

Uma grande mobilização militar aconteceu nesta terça-feira (14) no Quartel General do Exército Brasileiro, no bairro do Pinheirinho, em Curitiba. Tropas de Curitiba, Lapa, Ponta Grossa, Castro, Rio Negro, Porto União, Joinville e Blumenau participaram da ação operacional da Defesa de Área de Curitiba, integrada com as áreas da Segurança Pública e da Saúde, para a Copa do Mundo.

Sob a coordenação dos generais Luiz Felipe Carbonell e Fernando Marques de Freitas, com apoio do Coordenador de Defesa de Área de Curitiba, brigadeiro Roberto Carvalho, foram feitas demonstrações de combate ao terrorismo, manifestações violentas e antibombas para garantir a segurança e a tranquilidade durante a Copa do Mundo no Brasil.

“Atuamos com equipes de inteligência, engenharia e cibernética, de forma integrada com as forças municipais, estaduais e federais. Os nossos militares estão preparados para dar uma resposta imediata às necessidades eventuais durante este grande evento”, disse o general Carbonell.

As equipes do Exército atuarão com caminhões-pipa para conter manifestações, além de blindados, e Centros de Comando e Controle Móveis . “Já estamos com três caminhões equipados com alta tecnologia, interligados com outros setores de Comando e Controle, utilizando cerca de 850 rádios comunicadores”, informou o general Freitas.

Segundo o coordenador-geral da Copa do Mundo no Paraná, Mario Celso Cunha, “este é momento decisivo para a Copa, onde a preparação feita nos últimos anos mostra um planejamento que vem sendo executado com perfeição. O Exército, a Marinha e a Aeronáutica estão contribuindo de forma decisiva para o sucesso desta operação durante o Mundial” ressaltou Cunha.

“Há 30 dias da Copa, estamos determinados a acertar sempre. Nossos militares estão afinados com o momento em que vivemos, atuando com competência, coragem e determinação, sempre em favor de nossa sociedade”, completou o brigadeiro Roberto Carvalho.

A Defesa vai atuar com 4.160 militares na operação em Curitiba – 3.000 homens do Exército, 800 da Força Aérea Brasileira (FAB), 60 da Marinha e da Capitania dos Portos, além de equipes de Operações Especiais e Cibernética de Brasília. Serão cerca de 54 blindados, 300 viaturas e 24 motociclistas da Polícia do Exército (PE).

Também participaram do evento o prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet; o general Fernando Soares, de Ponta Grossa; o secretário municipal da Copa, Reginaldo Cordeiro; o comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Juceli Simiano Junior; o superintendente da Polícia Rodoviária Federal, inspetor Gilson Luiz Cortiano; o coordenador da Guarda Municipal de Curitiba, Cláudio Frederico; o médico e coordenador do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Ilmar Carneiro Leão, e integrantes do Grupo Tigre.



Outras coberturas especiais


Front Interno

Front Interno

Última atualização 19 AGO, 11:00

MAIS LIDAS

Eventos