COBERTURA ESPECIAL - Doutrina Militar - Terrestre

17 de Setembro, 2018 - 11:00 ( Brasília )

Como formar um Combatente de Montanha?


Em 1977, por indicação do Estado-Maior do Exército, o 11º BI foi escolhido para ser a primeira Unidade especializada em operações de Montanha no Exército Brasileiro. A par de todas as atividades desenvolvidas durante o ano e visando a formação do combatente, passou então a realizar pesquisas a fim de estabelecer uma doutrina própria para realizar operações militares em regiões montanhosas.

Atualmente o “Regimento Tiradentes” ministra três estágios de montanhismo militar. O mais elementar, o Escalador Militar, do qual todos os militares do Batalhão participam, destina-se a qualificar o escalador de combate permitindo-lhe ascender por vias equipadas.

O segundo, o Guia de Cordada, objetiva a condução de equipes de escaladores por vias de difícil acesso e de elevado grau de dificuldade, assim como a equipagem das vias de forma possibilitar ao escalador militar ultrapassá-las.

Por fim, o Guia de Montanha, requer uma técnica mais apurada, e é realizado por militares selecionados dentre os que mais se destacaram no estágio anterior. Sua finalidade é executar reconhecimentos técnicos em montanha; acessorar o comando na condução da tropa por terreno montanhoso; selecionar as melhores vias; ultrapassar paredões de até 6º grau de dificuldade e realizar busca e salvamento em montanha.

Nos meses de Novembro e Dezembro de 1981 o 1º turno de Oficiais e Sargentos das Organizaçoes Militares da Guarnição de Belo Horizonte, entre eles o 12º BI , foram formados Escaladores Militares e em seguida Guias de Cordada no 11º BI em São João Del Rei.

Ao retornarem a Belo Horizonte, coube a esses pioneiros a missão de conquistar as rotas e abrir o Campo de Instrução da Serra da Piedade  O local foi escolhido por sua proximidade a BH, pela altitude e clima que realçam as características de montanha, e claro pelas magnificas formações rochosas que possui. A esta turma de pioneiros abaixo citados devemos a homenagem e agradecemos o legado que nos deixaram:

12º BI: Cap Eli Pinto de Melo, 1º Ten Renato de Carvalho, 2º Ten Márcio Meira Brandão, 2º Ten Fernando Rodrigues Goulart, 2º Ten Marco Túlio de Carvalho, 3º Sgt Vlanderni do Nascimento, 3º Sgt Claudinê Tadeu de Oliveira, 3º Sgt César Roberto Borges Mulina e 3º Sgt Rubens de Faria Rezende. 4ª Cia Com: 1º Ten Percy Rossi Vieira e 1º Ten Pedro Rossi Vieira.Cia Cmdo 4ª Bda Inf Mtz: Cap Belman Galvão.

Ainda naquele ano o 12º BI realizaria com a 1ª Cia Fzo, comandada pelo então Cap Eli o 1º Estágio de Escalador Militar para os Cabos e Soldados. Formando a 1ª Companhia de Montanha do 12 º BI.

12ª Bda Inf L (Amv): Como formar um Combatente de Montanha

- Nós e Amarrações;


 

- Técnicas de Escalada Livre na Pista de Treinamento de Montanhismo (PTM) e na Academia de Escalada;

 

- Técnica de Escalada de Vias Equipadas na PTM;

 

- Instruções no próprio Ambiente de Montanha do Campo de Instrução de Montanhismo Militar da Serra da Piedade / 12° BI (CIMM) sobre:

1) Relevo,

2) Perigos da Montanha,

3) Vestuários e Equipamentos em Montanha,

4) Cordas,

5) Distúrbios Fisiológicos em Montanha,

6) Evacuação de Feridos,



7) Ambiente Operacional de Montanha,

 

8) Marchas em Ambiente de Montanha


E vencer nas pedras, escalando as rotas do Campo Alpha, Bravo (Armado e Equipado) e Charlie (Escalada Noturna) e por fim a tradicional Marcha em Ambiente de Montanha na Conquista da Pedra Escalador.

9) Aclimatação

As instruções que eram à noite na Sala de Instrução agora são no Ambiente Sagrado do Terreno de Montanha.... com direito a frio, neblina etc

 


Fotos: 12a Bda Inf L / EB

*** O montanhismo em suas várias modalidades é um esporte potencialmente perigoso, que pode resultar em acidente e até morte do praticante. Nem mesmo com a participação de um guia especializado e equipamento adequado, podem-se eliminar a possibilidade de um acidente. É responsabilidade do leitor, utilizar as informações contidas neste site de forma saudável e consciente.


VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


Fundação EZUTE

Fundação EZUTE

Última atualização 12 DEZ, 01:00

MAIS LIDAS

Doutrina Militar