COBERTURA ESPECIAL - Base Industrial Defesa - Armas

18 de Novembro, 2019 - 05:00 ( Brasília )

TAURUS - Aos 80 Anos Taurus encerra os 9 primeiros meses de 2019 com excelentes resultados

os 80 Anos Taurus encerra os 9 primeiros meses de 2019 com receita líquida de R$ 727,4 mi e margem bruta acima de 35%



A divulgação dos resultados do terceiro trimestre de 2019 da Taurus coincide com uma data muito especial: o aniversário de 80 anos da companhia, fundada em novembro de 1939. A capacidade de se transformar, se adaptar e se modernizar é essencial para uma empresa alcançar tal longevidade.

A Taurus chega a seus 80 anos renovada, com o planejamento estratégico definido pela nova administração seguindo seu curso e mostrando resultados efetivos. As medidas adotadas, tanto na gestão quanto nos processos operacionais, se traduzem em resultados sólidos, confirmados pelo aumento das vendas e melhora dos indicadores operacionais e financeiros.

Os resultados dos nove primeiros meses de 2019 mostram evolução positiva em relação ao registrado no mesmo período de 2018, ano que já havia apresentado desempenho superior ao exercício anterior. Em nove meses, de janeiro a setembro desse ano, com receita líquida acumulada de R$ 727,4 milhões, alta de 16,7%, e Ebitda recorde de R$ 114,8 milhões, 18,2% superior ao mesmo período do ano anterior, a Taurus realizou 86% da receita e praticamente igualou (99%) o Ebitda ajustado dos 12 meses do exercício anterior.

A margem bruta se manteve acima dos 35%, sendo o maior número entre as companhias de armas com capital aberto e que já divulgaram os resultados do 3T19. A empresa acumulou lucro líquido de R$ 21,3 milhões nos nove primeiros meses de 2019, revertendo o resultado líquido negativo do mesmo período do ano anterior de R$ 44,6 milhões -- o que mostra que o objetivo de melhorar os indicadores operacionais e financeiros vem, portanto, sendo alcançado.

No mercado nacional, a Taurus apresentou um aumento do volume de vendas acima de 15% e receita de armas acima de 16%. A produção de armas também cresceu mais de 12% em relação aos 9 primeiros meses de 2018.

A companhia também reduziu o seu endividamento. Em 30 de setembro de 2019, a Taurus registrava, considerando a posição de caixa e aplicações financeiras na data, dívida líquida de R$ 868,1 milhões. Comparado à posição no encerramento do exercício de 2018, houve redução de R$ 11,2 milhões no período. Sendo que a dívida de curto prazo é de R$ 256,1 milhões, mas R$ 127,7 milhões (quase 50%), apesar de estar no curto prazo, podem ser renovadas automaticamente, pois se trata de saques cambiais e desconto de recebíveis. Além disso, a companhia tem um hedge natural com 82,2% da dívida e 83% da receita em dólar.

Já nos EUA, a receita de armas apresentou um aumento acima dos 21% nos primeiros nove meses de 2019 em comparação ao mesmo período de 2018, devido aos maiores volumes e a apreciação do dólar médio em relação ao real de quase 8%.

O NICS (índice de intenções de compra de armas no mercado norte-americano) nos primeiros nove meses de 2019 ficou praticamente estável, com aumento de 0,2%, enquanto o volume de vendas nos EUA aumentou acima dos 17%, o que demonstra o ganho de market share que a Taurus vem consolidando nesse mercado altamente competitivo.

A empresa segue com a reestruturação operacional da unidade nos EUA, à exemplo do que foi feito na operação brasileira. Com apoio da consultoria da Galeazzi & Associados, está adotando novos processos administrativos e operacionais na subsidiária norte-americana. Em dezembro, acontecerá o evento de inauguração da fábrica na Georgia, com 23.000 m² de área construída, onde a nova infraestrutura proporcionará maior eficiência industrial e, portanto, redução de custo operacional.

A primeira linha de produção nas novas instalações teve início em agosto deste ano e até dezembro 100% da operação nos EUA já estará na nova fábrica. Essa mudança na estrutura física, acompanhada da reestruturação administrativa e operacional em curso, dará oportunidades para a empresa ampliar sua posição nos EUA, maior mercado consumidor mundial de armas, no qual a Taurus é hoje a quarta marca mais vendida.

Outro importante destaque no ano, e parte do planejamento estratégico da Taurus em vigor, é a renovação do portfólio, apresentando lançamentos de produtos resistentes, confiáveis, inovadores e seguros, que atendam as demandas do consumidor. O fato de 62% da receita da companhia nos nove primeiros meses de 2019 ser proveniente da venda de novos produtos indica o acerto dessa estratégia. Isso também se confirma com os reconhecimentos que os produtos vêm recebendo.

A pistola TX22, mais um projeto desenvolvido e lançado 100% pela atual administração da companhia, foi reconhecida em 5 de novembro como a melhor arma do ano por um dos mais importantes prêmios do setor, o “American Handgun of the Year 2019”, organizado pela reconhecida revista norte-americana especializada Guns&Ammo.

Outro destaque do período é a pistola Taurus G3 9mm, uma evolução do modelo G2, item mais vendido do portfólio da companhia, que incorpora um inovador sistema modular de disparo. Lançada em 30 de agosto no mercado norte-americano, as inovações incorporadas na G3 vão ao encontro das demandas do consumidor, com novidades em termos de ergonomia de empunhadura e gatilho, capacidade de tiros, entre outros. Logo após seu lançamento, a pistola já foi apontada em artigo de capa da mesma revista Guns & Ammo, como a melhor compra do ano em sua categoria.

O CEO e presidente da Taurus, Salesio Nuhs, comemora os resultados. “Chegamos ao final do terceiro trimestre de 2019 com várias conquistas. O último trimestre será festivo na Taurus, com o aniversário de 80 anos, a inauguração da nova fábrica nos EUA e o recebimento da premiação de Melhor Arma do Ano de 2019. Seguimos confiantes que estamos no caminho acertado e que novas conquistas se seguirão”, afirma.

Matéria Relacionada

 

TAURUS - Completa 80 Anos

Considerada uma das maiores fabricantes de armas do mundo, a Taurus celebra sua trajetória de sucesso junto com parceiros e autoridades do setor Novembro 2019 DefesaNet Link
 

VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


Front Interno

Front Interno

Última atualização 08 DEZ, 20:20

MAIS LIDAS

Base Industrial Defesa