COBERTURA ESPECIAL - US RU OTAN - Geopolítica

09 de Março, 2022 - 15:20 ( Brasília )

UCRANIA MIL - Informe de 09 Março 2022


 
General Staff of the Armed Forces of Ukraine
Estado-maior das Forças Armadas da Ucrânia
13º Dia da Invasão
(Texto em inglês no box abaixo)

 

Peculiaridades da agressão armada aberta
da Rússia contra a Ucrânia

 

Informe do dia 9 de Março 2022
09:00 Horas Kiev – 04:00 Brasília
 
O comando russo está se preparando para impulsionar a operação ofensiva contra a Ucrânia.

Para este fim, unidades de reforço adicionais (incluindo tropas aerotransportadas) se aproximam das áreas fronteiriças da Ucrânia. Sistemas de mísseis e armas aéreas também estão sendo deslocados para a próximidade da fronteira ucraniana.

Nas áreas de estacionamento permanentes das unidades militares e comissariados russos, há atividades urgentes direcionadas à formação e realocação de novas reservas para as áreas de designação operacional próximas à fronteira ucraniana.

O comando militar russo, considerando a ausência de sucesso significativo no combate e perdas em massa de pessoal, ordenou a ordem terrorista para abater “sem piedade” as pessoas que tentam evacuar através dos corredores humanitários criados.
 
Ambiente operacional

O inimigo continua a operação ofensiva contra a Ucrânia nas direções designadas. O comando militar russo organizou atividades de reconhecimento direcionadas a locais de centros de logística de campo, bem como locais de treinamento de tropas ucranianas e locais de concentração de tropas. A seguir está sendo feito pelo inimigo para o avanço de emergência de tropas em território ucraniano e um grave enfraquecimento do potencial de resistência ucraniano.

Ao mesmo tempo, o inimigo organizou a preparação para o abastecimento de tropas com combustíveis e lubrificantes durante a operação ofensiva nas áreas do noroeste da Ucrânia. Assim, começou a construção do oleoduto de campo da refinaria de Mozyr (Bielorrússia) para Korosten (Ucrânia).

Zona operacional Pollisskyi

Uma das tarefas de maior prioridade para as tropas do MD Oriental é o ataque na direção de Kiev para facilitar o agrupamento de forças localizado perto de Hostomel. Considerando os resultados das ações de combate, o inimigo decidiu se reagrupar.

A zona de exclusão de Chernobyl é usada pelo inimigo para a realocação de novas tropas para a parte noroeste da região de Kiev. A área de retaguarda é implantada perto de Maryanivka para apoio logístico das tropas russas.
 
Zona operacional Siverskiy

Em termos de ação ofensiva em direção a Kiev, unidades avançadas do MD Central estão tentando alcançar os arredores norte e leste de Brovary. Esse agrupamento de forças foi reforçado por sistemas de mísseis táticos do tipo “Tochka-U” vindos do território russo.

Subunidades, formadas a partir de residentes da República da Chechênia, estão desempenhando o papel de destacamentos de barragem.

Há evidências verificadas de crematórios móveis russos funcionando para a queima de seus corpos de militares. Dessa forma, o comando russo evita o vazamento de informações sobre suas perdas.

Zona operacional Slobozhanskyi

Unidades de artilharia estão sendo implantadas nos arredores de Kharkiv e Sumy em termos de preparação das tropas do MD Ocidental para o ataque. Também o inimigo concentra a aviação do exército para apoio de ações aerotransportadas.

Zona operacional de Donetsk

Existem confrontos posicionais entre as Forças de Operação e Unidades do 1º e 2º ACs juntamente com as unidades russas do 8º CAA do MD do Sul. O empreendimento “Styrol” pode ser escolhido pelos ocupantes para criar provocação contra as Forças Armadas da Ucrânia. Assim, os russos podem tentar explodir depósitos com reagentes tóxicos para contaminar o meio ambiente.

Zona operacional Tavriyskyi

Unidades do 58º Exército de Armas Combinadas (CAA) e 20ª Divisão de Fuzileiros Motorizados da 8ª CAA realizam ações ofensivas em direção a Mariupol. Unidades da 37ª brigada ferroviária separada do Southern MD restauram ferrovias usando trem blindado especial nas áreas de Kherson – Oleshky.

A ponte Antonivskyi perto de Kherson está sendo protegida por unidades da 50ª brigada operacional separada das tropas do Serviço da Guarda Nacional Russa (“Rosgvardiya”).

Zona operacional do Bug Sul

As subunidades da 49ª CAA e 22ª AC do sul de MD continuam avançando no norte de Mykolayiv com o objetivo de cortar a cidade das rotas automobilísticas para Kryvyi Rih e Kropivnitskyi. Ao mesmo tempo, desembarques aéreos táticos estão planejados para capturar pontes através do Southern Bug.

A tática do Kremlin contra a Ucrânia

Tendo falhado em obter sucesso na chamada “Operação Especial” contra a Ucrânia e tendo perdido o ímpeto do ataque, o Kremlin está tentando criar uma crise humanitária nas principais cidades de nosso país. O objetivo é facilitar os fluxos de refugiados, desmoralizar os moradores e o pessoal das Forças de Defesa, diminuir a resistência ao agressor.

Moscou intencionalmente não cumpre os acordos com a Ucrânia sobre a evacuação de civis através de “corredores verdes”.

 

A Federação Russia  insiste em rotas inaceitáveis para a evacuação de civis, em particular exclusivamente para o território russo (inclusive através da Bielorrússia). Moscou planeja usar essas medidas para propaganda e criar uma imagem do país como salvador.


O Reconhecimento das atividades terroristas e subversivas das forças armadas russas

A Rússia continua a usar métodos terroristas para matar habitantes pacíficos e destruir a infraestrutura civil da Ucrânia para intimidar as pessoas e forçá-las a parar de resistir. Prédios residenciais e instalações de assistência médica estão sendo totalmente destruídos como resultado de ataques aéreos intensivos.

Somente nas últimas 24 horas, como resultado de ataques aéreos em áreas civis nas regiões de Sumy, Kharkiv, Donetsk, Zhytomyr e Vinnitsya, pelo menos 30 pessoas foram mortas, das quais 5 crianças de 1 a 7 anos.

A abertura intencional de fogo de unidades terrestres russas em veículos civis merece atenção especial. Em Bogdanivka (região de Kiev) veículo blindado russo destruiu o carro civil, 2 pessoas foram mortas.



Acima foto e twitter do ataque de um veiculo civil por um blindado BMP russso. Dois mortos.


Pelo menos 4 pessoas ficaram feridas em corredores de evacuação humanitária nas regiões de Kiev e Donetsk. Na região de Mykolaiv, um carro civil marcado com uma cruz vermelha estava bombardeando, 3 pessoas morreram e 2 ficaram feridas.

Junto com isso, há uma intensificação das operações de informação russas.

Nas últimas 24 horas: envio de SMS para prefeitos por rendição sem derramamento de sangue de cidades (Kharkiv e Irpin, Bila Tserkva, região de Kiev); distribuição de folhetos de propaganda entre a população local sobre a necessidade de a Ucrânia aderir à Federação Russa (Berdyansk, região de Zaporizhia); V.Yanukovych apela ao Presidente da Ucrânia V.Zelensky com um apelo à renúncia; apresentação pela mídia russa das consequências dos ataques aéreos russos como resultado das ações das tropas ucranianas; intimidação de funcionários da usina nuclear de Zaporizhzhya e forçá-los sob ameaça de usar armas para gravar uma história de propaganda para a mídia russa.

 

 

Peculiarities of Russia’s open armed aggression against Ukraine
(as at 9a.m. March 9)

 
Russian command is preparing to boost offensive operation against Ukraine.
For this purpose, additional reinforcement units (including airborne troops) approach to the border are as of Ukraine. Missile and airweapon systems area lso being supplied to the stocks near Ukrainian border.
 
In permanent stationing points of Russian military units and commissariats the rear e urgent activities directedon forming and relocation of new reserves to the operational design ation areas near Ukrainian border.

Russian military command, considering absence of significant combat success and mass losses of personnel, directed terroristic order to gun down “without mercy” of persons who try to evacuate though created humanitarian corridors.
 
Operational environment


Enemy continues offensive operation against Ukraine on the designated directions. Russian military command organized reconnaissance activities directed on places of field logistics centers as well as places of Ukrainian troops training and concentration locations. Following is being done by the enemy for emergency advance of troops deep into Ukrainian territory and severe weakening of Ukrainian resistance potential.

At the same time, enemy organized preparation for troops supply with petroleum oil and lubricants during offensive operation in north-western areas of Ukraine. Thus, the construction of field pipeline from Mozyr refinery (Belarus) to Korosten (Ukraine) has begun.

Pollisskyi operational zone

One of the highest priority tasks for Eastern MD troops is attack on the Kyiv direction to facilitate force grouping located near Hostomel. Considering results of combat actions, enemy decided to regroup.

Chornobyl exclusion zone is used by enemy for new troop’s relocation to the north-western part of Kyiv region. Rear area is deployed near Maryanivka for logistic support of Russian troops.
 
Siverskiy operational zone

In terms ofoffensive action towards Kyiv, forward units from Central MD are trying to reach northern and eastern outskirts of Brovary.This forces grouping was enhanced by “Tochka-U” type tactical missile systems delivered from Russian territory.
Subunits, shaped from Chechnya Republic residents, are playing the role of barrage detachments.

There are verified evidences of Russian mobile crematoria functioning for their military servicemen’ corps burning. In this way, Russian command prevents leak of information about their losses.
 
Slobozhanskyi operational zone

Artillery units are being deployed at the outskirts of Kharkiv and Sumy in terms of Western MD troops preparation for offense. Also enemy concentrates army aviation for support of airborne actions.
 
Donetsk operational zone

The rear e position alclashes between Join Operation Forces and units form 1st and 2nd AC stogether with Russianunits form 8th CAA of Southern MD. “Styrol” enterprise may be chosen by occupants to create provocation against Ukrainian Armed Forces. Thus, Russians may try to explode depots with toxic reagents to contaminate the environment.
 
Tavriyskyi operational zone

Units of 58th Combined Arms Army (CAA) and 20th Motorized Rifled Division of 8th CAA conduct offensive actions towards Mariupol. Units of 37th separate railway brigade of Southern MD restore railway using special armored train in the areas of Kherson – Oleshky.

Antonivskyi Bridge near Kherson is being secured by units of 50th separate operative brigade of Russian National Guard Service troops (“Rosgvardiya”).
 
Southern Bug operational zone

Subunits of 49th CAA and 22nd Acof Southern MD are continuing advance on the north of Mykolayiv for a purpose to cut off the city from the automobile routes towards Kryvyi Rihand Kropivnitskyi.  At the sametime, tactical airborne landings are planned to capture bridges through Southern Bug.
 
Kremlin’s tactic against Ukraine

Having failed to achieve success in the so-called “Special Operation” against Ukraine and having lost the momentum of the attack, Kremlin is trying to create a humanitarian crisis in key cities of our state. The goal is to facilitate refugees flows, demoralize locals and Defense forces personnel, decrease the resistance to aggressor.

Moscow intentionally fails to adhere to agreements with Ukraine concerning the evacuation of civilians through “green corridors”.

The RF insists on unacceptable routes for the evacuation of civilians, in particular exclusively to Russian territory (including through Belarus). Moscow plans to use these measures for propaganda and to create an image of the country as a savior.
 
Russian armed forces terrorist and reconnaissance-subversive activities


Russia continues to use terrorist methods for targeted killing of peaceful inhabitants and destroying of civilian infrastructure of Ukrainein order to intimidate people and force them stop resisting.Residential buildings and medical care facilities are being fully destroyed in result of intensive air strikes. Only in last 24 hours as a result of air strikes on civil areas on Sumy, Kharkiv, Donetsk, Zhytomyr and Vinnitsya regions at least 30 people were killed, from which 5 children aged from 1 to 7 years.
The intentional opening fire by Russian land units on civilian vehicles deserves special attention. In Bogdanivka (Kyiv region) Russian armored vehicle destroyed the civil car, 2 people were killed. (see photo)


At least 4 people were injured in humanitarian evacuation corridors in Kyiv and Donetsk regions. In Mykolaiv region a civilian car marked with a red cross was shelling, 3 people were killed and 2 were injured.

Along with this, there is an intensification of Russian information operations. In last 24 hours: SMS mailing to mayors for bloodless surrender of cities (Kharkiv and Irpin, Bila Tserkva, Kyiv region); distribution of propaganda leaflets among the local population about the need for Ukraine to join the Russian Federation (Berdyansk, Zaporizhia region); V.Yanukovych appeal to the President of Ukraine V.Zelensky with a call to resign; submission by the Russian media of the consequences of Russian air strikes as a result of the actions of Ukrainian troops; intimidation of employees of the Zaporizhzhya nuclear power plant and forcing them under threat of using weapons to record a propaganda story for Russian media.


VEJA MAIS