COBERTURA ESPECIAL - Especial Espaço - Aviação

01 de Junho, 2022 - 09:00 ( Brasília )

No seu maior lançamento de satélites até o momento, a ICEYE coloca simultaneamente em órbita cinco satélites, sendo dois brasileiros


A ICEYE, líder global em monitoramento persistente através de imagens radar e perita em soluções referentes a inundações e catástrofes naturais, lançou com sucesso cinco novos satélites SAR, dois dos quais serão operados pela Força Aérea Brasileira. Todos foram lançados na missão Falcon 9 de lançamento compartilhado de pequenos satélites via EXOLAUNCH da SpaceX, a partir de Cabo Canaveral, na Flórida.

A comunicação com cada satélite já foi estabelecida com sucesso. Desde 2018, a ICEYE e a ICEYE US já colocaram em órbita 21 satélites, incluindo tanto missões comerciais quanto para clientes específicos. Dois dos satélites lançados foram fornecidos diretamente para o Governo brasileiro, e serão operados pela FAB em suporte aos objetivos ambientais e de segurança nacional, sendo de emprego dual, ou seja, civil e militar.

Devido ao tempo prevalente no Brasil, com até oito meses de céus nublados por ano, os satélites SAR, que podem “ver” o solo durante a noite ou através de nuvens, têm uma vantagem importante na coleta de informações para possibilitar ações subsequentes. Devido ao seu uso civil e militar, as imagens coletadas pelos satélites serão úteis para uma série de instituições, como Ministério da Defesa, Comandos da Aeronáutica, Marinha e Exército, Ministério do Meio Ambiente, Ministério da Agricultura, Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, Ministério da Infraestrutura, Ministério da Justiça, Ministério das Minas e Energia, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal etc.

A constelação de satélites da ICEYE é projetada para prover aos clientes imageamento confiável e contínuo, com rápida detecção e acompanhamento de mudanças na superfície da Terra, independentemente da hora ou das condições meteorológicas.

Essa capacidade é vital para emprego governamental e comercial em vários setores, incluindo seguros, resposta e recuperação por ocasião de catástrofes naturais, segurança nacional, defesa, socorro humanitário e monitoramento de mudanças climáticas. A empresa considera que existe uma tendência mundial por parte dos governos para aproveitar e integrar totalmente as tecnologias de sensoriamento remoto em suas arquiteturas de coletas de informações.

O Brasil vai se beneficiar muito da capacidade dos radares de “verem” o solo independentemente da hora e das condições meteorológicas. Através do estudo das mudanças na superfície terrestre observadas através da comparação de imagens sucessivas de uma determinada área, será possível a obtenção, em curto espaço de tempo, de informações que possibilitem o rápido acionamento da melhor resposta para cada situação específica.

“Em poucos anos, a equipe da ICEYE já lançou 21 pequenos satélites de imageamento radar, o que é uma notável feito”, declarou Rafal Modrzewski, CEO e cofundador da ICEYE. “O mundo precisa mais do que nunca dessas fontes de dados verdadeiros e objetivos. Com esse lançamento, teremos expandido o desempenho e a capacidade de fornecer suporte adicional aos nossos clientes e ao crescimento dos nossos mercados verticais, atuais e emergentes.”

“Queremos trazer o Brasil para o protagonismo que ele merece e democratizar o uso do espaço. Vemos na região um grande potencial intelectual com diversas possiblidades de desenvolvimento de novas tecnologias. Temos total interesse em nos estabelecer no país e torná-lo um Hub para a América Latina”, comenta Ana Paula Cordeiro, diretora regional da ICEYE para América Latina para o desenvolvimento de negócios e vendas. Ainda esse ano, a ICEYE planeja adicionar até cinco novos satélites à sua constelação, incluindo mais satélites fabricados pela ICEYE US.


A ICEYE fornece inigualadas capacidades de monitoramento persistente de qualquer localização na superfície terrestre. Graças à maior constelação de satélites com radar de abertura sintética, a empresa possibilita a seus clientes a tomada de decisões objetivas e baseadas em dados, em setores como seguros, resposta e recuperação por ocasião de catástrofes naturais, segurança, financeiro e monitoramento marítimo. Os dados da ICEYE podem ser coletados de dia e de noite, mesmo através da cobertura de nuvens. Para maiores informações, por favor visite www.iceye.com.


VEJA MAIS