COBERTURA ESPECIAL - Russia Docs - Geopolítica

13 de Janeiro, 2022 - 22:00 ( Brasília )

TU-160M - Primeiro voo do novo Tu-160M

A Rússia reativou a produção do "Cisne Branco", o Tupolev TU-160M, incorporando as inovações e novas tecnologias já em uso nas aeronaves modernizadas

Fonte Rostec


Em 12JAN2022, a primeira aeronave estratégica da reativação da fabricação do Tu-160M fez seu voo inaugural decolando do aeródromo da Kazan Aviation Plant, uma filial de Tupolev da United Aircraft Corporation.

O voo teve duração de cerca de 30 minutos. A os pilotos de teste da PJSC "Tupolev" realizaram manobras para verificar a estabilidade e controlabilidade da aeronave no ar.

O programa de reativação da produção de aeronaves Tu-160, incluindo as modernizações do Tu-160M foi lançado por decisão do presidente russo Vladimir Putin.

Como parte da implementação do programa sob o contrato estatal entre o Ministério da Indústria e Comércio da Rússia e a Tupolev, a documentação do projeto da aeronave Tu-160M foi totalmente digitalizada em pouco tempo, a tecnologia de soldagem a vácuo para produtos de titânio foi restaurada, a produção de unidades de fuselagem de aeronaves foi retomada, uma nova cooperação foi formada entre as principais empresas industriais no campo da metalurgia, construção de aeronaves, engenharia mecânica e fabricação de instrumentos, cuja parte principal faz parte da Corporação Estatal Rostec.

Denis Manturov, Ministro da Indústria e Comércio da Federação Russa, enfatizou: “Restauramos todo o ciclo de produção do Tu-160, mas já na versão“ M ”, usando motores modernizados, sistemas de controle de voo modernizados, sistemas de navegação, e sistemas de controle de armas. A modernização da fábrica de aviação de Kazan desempenhou um papel importante na restauração da produção de aeronaves únicas: o equipamento das oficinas, a base de testes de voo foram atualizados, a maior instalação do mundo para soldagem por feixe de elétrons e recozimento a vácuo de titânio foi colocada em operação. Hoje vemos perspectivas significativas para a plataforma Tu-160: um maior desenvolvimento permitirá usá-la para novos tipos de armas, incluindo as promissoras ".

A aeronave mantém sua aparência, mas é criada em uma base tecnológica completamente nova usando tecnologias digitais.

“O Tu-160 é um dos maiores e mais avançados projetos da indústria da aviação. A implementação deste programa exigiu não apenas a renovação das instalações de produção, mas também a criação de um ambiente digital fundamentalmente novo para trabalhar no projeto. Vários escritórios de projetos de aeronaves participaram da preparação da documentação digital para o projeto. A importância fundamental do evento de hoje é que a nova máquina foi completamente reconstruída do zero”, disse o diretor geral da UAC, Yuri Slyusar. "Os sistemas e equipamentos da nova aeronave foram atualizados e modernizados em 80%."

A implementação do programa de modernização e nova produção do bombardeiro  estratégico Tu-160 exigiu uma renovação significativa da base de produção.
 
“No âmbito do programa, mais de 40% do equipamento da planta foi atualizado e modernizado na fábrica de aviação de Kazan, uma parte significativa do pessoal passou por treinamento adicional. Para a Tupolev, o novo início da produção do Tu-160 é um grande projeto, o que significa não apenas atualizar a base material e técnica e restaurar competências-chave, mas também alcançar um novo nível de possibilidades para o design e produção em série dos mais complexos e avançados complexos aeronáuticos", disse o diretor administrativo da Tupolev Vadim Korolev.

O bombardeiro Tu-160M  é capaz de transportar até 12 mísseis nucleares a bordo. O alcance desses mísseis é de até 3.500 km, o que significa que não precisa entrar na zona de defesa aérea para atacar.

Se necessário, a aeronave também é capaz de romper a defesa aérea: a geometria variável das asas permite voar por um alcance de 13.950 km e atingir velocidades de até 2.200 km/h. Juntamente com um teto de trabalho de 21.765 metros, isso torna o Tu-160M um alvo extremamente difícil.

O Tu-160 é a maior e mais poderosa aeronave supersônica com geometria de asa variável na história da aviação militar.

 


VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


Prosub

Prosub

Última atualização 24 JAN, 17:00

MAIS LIDAS

Russia Docs