COBERTURA ESPECIAL - Pandemic War - Terrestre

25 de Março, 2021 - 11:00 ( Brasília )

Comando Conjunto Norte divulga balanço de um ano de Operação Covid-19


No dia 20 de março, o Comando Conjunto Norte (CCjN), formado pelo Comando Militar do Norte (Exército), pelo Comando do 4º Distrito Naval (Marinha) e pela Ala 9 (Força Aérea), completou um ano de Operação Covid-19 preservando vidas no Pará, Amapá, Maranhão e norte do Tocantins. Todas as ações ocorreram em conjunto com órgãos públicos de segurança, saúde e apoio social, como as realizadas nas comunidades indígenas.

Em 365 dias, militares atuaram na linha de frente de hospitais, em desinfecções de áreas públicas e transporte de pacientes e materiais de saúde, realizaram a logística de vacinação em áreas remotas, doaram sangue, distribuíram alimentos e kits de higiene, produziram equipamentos de proteção individual, promoveram campanhas de conscientização, entre outras ações.

Mais de 580 toneladas de materiais foram transportadas por militares para vacinação em áreas remotas e para abastecimento de hospitais e espaços de saúde dos estados. Pelos meios terrestre, aéreo e fluvial, o CCjN viabilizou a distribuição e o abastecimento de doses das vacinas, oxigênio hospitalar, respiradores, equipamentos de proteção individual, entre outros produtos primordiais para o combate ao coronavírus.

Desde o início da vacinação, o CCjN possibilitou centenas de aplicações de vacina em terras indígenas de difícil acesso, com emprego de aeronaves e viaturas operacionais para longas viagens. Com isso, essas comunidades já foram imunizadas. Ao todo, foram quase 370 horas de voo a serviço do CCjN para as atividades de logística.

Os militares que atuam na área da saúde salvaram, de forma direta, mais de 2.800 pessoas em dedicação diária aos trabalhos com leitos clínicos e de UTI. Até agora, foram realizadas cerca de três mil ações de desinfecção em espaços civis e militares com grande circulação de pessoas, como feiras, escolas, igrejas, órgãos públicos e ruas. Para isso, foram capacitados mais de 450 militares e 180 civis com o objetivo de manusear e aplicar produtos químicos de forma correta para proteger tanto as pessoas quanto os locais.

Nesses 12 meses, foram realizadas ações de logística e segurança para distribuição de cerca de 63.500 cestas básicas e kits de higiene em áreas remotas, como terras indígenas e áreas ribeirinhas. Também foram doadas mais de 650 unidades de alimentação pronta para o consumo. De forma direta, essas atividades beneficiaram famílias com baixo acesso aos itens básicos de alimentação e de saúde nos quatro estados, diminuindo a possibilidade de incidência da covid-19 e de outras doenças.

Para auxiliar na manutenção dos níveis de bolsas de sangue em áreas que enfrentam alta demanda e baixo estoque devido ao impacto da pandemia do coronavírus, militares participaram de campanhas de doação de sangue. Com isso, centenas de pessoas são ajudadas de forma direta.

Os militares também produziram e distribuíram mais de 11.200 unidades de máscaras de uso individual, todas doadas para profissionais da saúde que atuam em atividades econômicas consideradas primordiais e para pessoas de grupos de risco.

Também foram realizadas mais de 2.700 campanhas de conscientização sobre a propagação do coronavírus e o que fazer em casos de sintomas da doença, com alcance superior a 180 mil pessoas em cerca de 2.480 inspeções navais e em 32.300 embarcações monitoradas.

As ações continuam, e os militares do CCjN mantêm a Operação Covid-19 até que a população da sua área de responsabilidade esteja em segurança.

Comando Conjunto Norte apoia transporte de cilindros de oxigênio em Macapá (AP)



Nos dias 22 e 23 de março, o Comando Conjunto Norte, por meio da 22ª Brigada de Infantaria de Selva (22ª Bda Inf Sl), realizou a logística de desembarque e embarque de 582 cilindros de oxigênio no Aeroporto Internacional de Macapá. A ação ocorreu em apoio ao Governo do Estado do Amapá, em caráter de urgência, para abastecer a rede hospitalar do estado.

Sob a coordenação da 22ª Bda Inf Sl, 30 militares do Comando de Fronteira Amapá/34° Batalhão de Infantaria de Selva (CFAP/34 BIS) desembarcaram todo o material transportado pela aeronave da Força Aérea Brasileira (FAB), apoiando a Secretaria de Saúde do Estado do Amapá no embarque dos cilindros em viaturas da empresa White Martins, que farão a distribuição do oxigênio para a rede de atendimento do estado.

Fonte: 22ª Brigada de Infantaria de Selva

 



Outras coberturas especiais


Vant

Vant

Última atualização 27 OUT, 16:16

MAIS LIDAS

Pandemic War