COBERTURA ESPECIAL - Pandemic War - Aviação

22 de Julho, 2020 - 11:45 ( Brasília )

ALA 3 atua na montagem e transporte de cestas básicas

O Grupo de Segurança e Defesa da Ala 3 atuou na montagem e transporte de 3.500 cestas básicas destinadas à famílias carentes, em ação conjunta com a Prefeitura de Canoas

Tenente Daniela, Tenente Cristiane E Major Monteiro

O Grupo de Segurança e Defesa da Ala 3 (GSD), localizado em Canoas (RS), vem atuando desde o início do mês de julho na montagem e transporte de 3.500 cestas básicas destinadas às crianças e famílias da comunidade escolar da região. A ação foi realizada em parceria com a Prefeitura de Canoas, por meio da Secretaria de Educação e da Unidade de Alimentação Escolar (UAE). Devido à pandemia do novo Coronavírus, as escolas municipais estão sem aulas desde abril, o que acarretou em um problema nutricional, uma vez que muitas das crianças dependem da alimentação na rede escolar. 

Com isso, a Secretaria Municipal de Educação e a Unidade de Alimentação Escolar (UAE) solicitaram à Ala 3 apoio na preparação dos kits alimentícios. Para a Chefe da UAE, Eliana Mocellin, a ajuda foi essencial. "Agradecemos muito a disponibilidade dos militares da Ala 3 que, prontamente, sempre nos apoiam em atividades nobres como essa. A maioria das famílias dependem dessa ajuda", informou.

A montagem das cestas básicas foi realizada na cidade de Nova Santa Rita, a 15 km de Canoas, em um galpão cedido por uma empresa de logística. Os trabalhos foram realizados em duas etapas. A primeira envolveu a montagem das cestas e demandou um trabalho de mais 100 militares. A segunda fase foi o transporte do material até o depósito da UAE, realizado nos dias 15 e 16 de julho, mobilizando mais 50 militares.

Para o Comandante do GSD Canoas, Tenente-Coronel de Infantaria Dailo Gonçalves de Aquino Júnior, é um orgulho poder contribuir. "Para os militares que participaram dessa missão, fica, não só o sentimento de dever cumprido, mas a grata satisfação de poder ajudar o próximo", disse.

O Comandante da Ala 3, Brigadeiro do Ar Mauro Bellintani, falou da importância da ação em Canoas. "As histórias da FAB no Sul do País e do Município de Canoas se confundem. Poucas são as cidades brasileiras e organizações da Aeronáutica que têm as suas gêneses em datas tão próximas, uma vez que a Aviação Militar Brasileira chegou a esta cidade apenas dois anos antes de sua emancipação. Sendo assim, o nome de Canoas ocupa lugar de destaque em nossa estrutura organizacional", ressaltou.

Imagens: GSD e Soldado Mattos / Ala 3


VEJA MAIS