COBERTURA ESPECIAL - Doutrina Militar - Terrestre

01 de Setembro, 2020 - 11:50 ( Brasília )

FT Santos Dumont adestra capacidade operacional de mobilidade estratégica e prontidão




No período de 17 a 21 de agosto, na região de Campo Grande (MS), o 26º Batalhão de Infantaria Pára-quedista (26º BI Pqdt), compondo a Força-Tarefa Santos Dumont, executou a Operação Bumerangue I, exercício previsto no escopo do plano de adestramento da Brigada de Infantaria Pára-quedista (Bda Inf Pqdt).

A operação, constituída por 270 militares, teve como base os integrantes do 26º BI Pqdt, além de ter, também, a participação de representantes das demais Organizações Militares da Bda Inf Pqdt. O exercício teve como objetivo principal capacitar a Força-Tarefa Santos Dumont para ser empregada em operações convencionais para a defesa da Pátria na Faixa de Fronteira e para a manutenção da capacidade operacional de mobilidade estratégica e prontidão.

 

Além das diversas instruções de preparação para o assalto aeroterrestre, de emissões de ordens e de briefings da equipe precursora com todos os oficiais e sargentos envolvidos no exercício, os quadros do batalhão puderam não só exercitar a ação de comando e a capacidade de liderança, como também adquirir experiência em planejar, preparar e executar operações convencionais para a hipótese de emprego de defesa externa.

Durante a operação propriamente dita, os paraquedistas realizaram um assalto aeroterrestre com o apoio da Força Aérea Brasileira, na zona de lançamento de Metello, por meio das aeronaves C-105 (Amazonas) e C-95 (Bandeirante). Após o assalto e a reorganização feita, a tropa realizou uma marcha para o combate, seguida de um ataque coordenado com a finalidade de estabelecer a conquista e a manutenção de uma cabeça de ponte aérea, em área de interesse para o escalão superior.

O encerramento da operação ocorreu com a junção das tropas do 20º Regimento de Cavalaria Blindado, orgânico da 4ª Brigada de Cavalaria Mecanizada, que conduziu a substituição em posição das tropas desdobradas no terreno.

Ao concluir essa etapa, o 26º BI Pqdt, que se encontra na 3° fase do ciclo de prontidão e está certificado como FORPRON do Exército Brasileiro, segue em frente, adestrando-se e estando apto a defender o território nacional.

 
Fotos: Cb Guedes / 26º BI Pqdt

VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


Guerra Informação e Híbrida

Guerra Informação e Híbrida

Última atualização 27 NOV, 20:00

MAIS LIDAS

Doutrina Militar