26 de Novembro, 2020 - 10:35 ( Brasília )

Defesa

Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas comemora 10 anos de atividades


Viviane Oliveira

O Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas (EMCFA) completou 10 anos de atuação na segunda-feira (23). A data foi comemorada com cerimônia na Ala 1, em Brasília. O evento contou com a presença do Ministro da Defesa, Fernando Azevedo, do Chefe do EMCFA, Tenente-Brigadeiro do Ar Raul Botelho, do Comandante da Marinha, Almirante de Esquadra Ilques Barbosa Junior, do Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez, e do Comandante da Ala 1, Brigadeiro do Ar José Ricardo Menezes Rocha. O Comandante do Exército, Edson Pujol, foi representado pelo Comandante do Comando de Operações Terrestres, General de Exército José Luiz Dias Freitas.

Durante a solenidade, 42 membros da sociedade militar e civil receberam a Medalha Mérito Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas. A honraria reconhece relevantes serviços prestados ao EMCFA. Sete estandartes das organizações militares que tiveram destaque no exercício de suas atribuições também foram homenageados.

O Ministro da Defesa, Fernando Azevedo, elogiou o trabalho desenvolvido pelo EMCFA na promoção da interoperabilidade entre as Forças Armadas. Ele citou o êxito das ações conjuntas em diversas missões nesses 10 anos de atividade. “A vocação, o profissionalismo e o entrosamento com o time Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas contribuíram para o sucesso no cumprimento de cada missão que lhe foi atribuída no último decênio. Estejam certos que os frutos desse trabalho influenciam a vida de milhões de brasileiros”, afirmou o ministro, que ainda destacou o envolvimento em operações recentes, como de combate à Covid-19 e de proteção da Região Amazônica.

O Chefe do EMCFA, Tenente-Brigadeiro do Ar Raul Botelho, ressaltou que a criação do órgão foi passo importante para a Defesa Brasileira, visto a necessidade de integração dos esforços das três Forças Singulares.  “De 2010 para cá, nós vimos uma maturidade nesse conceito de emprego conjunto entre as Forças Armadas. Nós crescemos nesse cenário, haja vista as diversas operações de grande dimensão que surgiram e algumas delas inéditas, como as Operações Verde Brasil 1 e 2 e a Operação Covid 19”, avaliou o Brigadeiro Botelho.

Sobre expectativas para o futuro, o Brigadeiro Botelho enfatizou que a meta é aprimorar a capacidade logística, estratégica e de coordenação conjunta das Forças, dos meios e das tecnologias empregadas. “Nós temos que nos adaptar aos conceitos modernos de emprego das Forças Armadas, com capacidades, com meios, com treinamentos e com novas tecnologias. Esse é o momento de estabelecer quais são as capacidades que as Forças Armadas tem que ter, de modo que a gente possa enfrentar toda sorte de ameaças à segurança e à soberania nacional”, disse o Chefe do EMCFA.

Durante a cerimônia, foram lançados selo personalizado e carimbo comemorativo em referência ao décimo aniversário do EMCFA. A iniciativa foi do Ministério das Comunicações por meio da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos.

O evento ainda contou com a presença das seguintes autoridades: o Secretário-Geral do Ministério da Defesa, Almirante de Esquadra Almir Garnier Santos, o Chefe do Estado-Maior da Armada, Almirante de Esquadra Cláudio Portugal de Viveiros, o Chefe do Estado-Maior do Exército, General de Exército Marcos Antônio Amaro dos Santos, o Chefe de Assuntos Estratégicos do EMCFA, General de Exército César Augusto Nardi de Souza, o Comandante de Operações Aeroespaciais, Tenente-Brigadeiro do Ar Jeferson Domingues de Freitas, o Chefe de Logística e Mobilização do EMCFA, Tenente-Brigadeiro do Ar João Tadeu Fiorentini, o Chefe de Operações Conjuntas do EMCFA, Almirante de Esquadra Petronio Augusto Siqueira de Aguiar, e o Presidente dos Correios, General de Divisão Floriano Peixoto Vieira Neto.

Missão

O Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas (EMCFA) foi criado em 25 de agosto de 2010 pela Lei Complementar nº 136. O órgão é responsável por assessorar o ministro da Defesa e coordenar a atuação conjunta dos comandos da Marinha, do Exército e da Aeronáutica. A missão do EMCFA envolve a defesa do País e a atuação em operações de paz, humanitárias e de resgate. 


Fotos: Alexandre Manfrim



ÚLTIMAS

Defesa

MAIS LIDAS