COBERTURA ESPECIAL - Crise - Geopolítica

14 de Dezembro, 2020 - 13:00 ( Brasília )

Bombardeiros americanos sobrevoam o Golfo em demonstração de força contra o Irã


Os Estados Unidos mobilizaram dois bombardeiros B-52 sobre el Golfo nesta quinta-feira, em uma demonstração de força dirigida contra o Irã, no momento em que Washington se organiza para reduzir sua presença militar naquela região.

Os aviões decolaram da Base da Força Aérea Barksdale, na Louisiana, para uma missão de 36 horas, durante a qual cruzaram a Europa e, em seguida, a Península Arábica, até o Golfo, dando voltas perto do Catar e mantendo uma "distância segura da costa do Irã", informaram funcionários da Defesa americana.

A missão, segunda desse tipo em dois meses, "foi desenhada para destacar o compromisso do Exército americano com seus parceiros regionais, ao mesmo tempo que valida a capacidade de mobilizar rapidamente o poder de combate em qualquer parte do mundo", declarou o chefe do Comando Central americano, general Frank McKenzie.

Apesar de McKenzie não ter citado o Irã como foco da missão, os Estados Unidos já usaram demonstrações de força no ar e no mar para dissuadir Teera de um "comportamento maligno" frente as forças e aliados americanos no Golfo. "Os potenciais adversários devem entender que nenhuma nação na terra está mais preparada e é mais capaz de mobilizar rapidamente um poder de combate adicional frente a qualquer agressão", declarou.

O voo foi coordenado com aliados dos Estados Unidos, e aviões de Arábia Saudita, Barein e Catar voaram com os bombardeiros, segundo um funcionário da Defesa americana.



Outras coberturas especiais


Ecos - Guerras, Conflitos, Ações

Ecos - Guerras, Conflitos, Ações

Última atualização 16 SET, 11:00

MAIS LIDAS

Crise