COBERTURA ESPECIAL - Brasil - EUA - Geopolítica

10 de Janeiro, 2022 - 19:30 ( Brasília )

BR-US - Contato Secretário Estado Blinken e Chanceler França

Conferência entre os dois diplomatas ocorre horas depois de DefesaNet publicar matéria sobre visita de autoridade brasileira a Moscou em Dezembro

Secretary Blinken’s Call with Brazilian Foreign Minister França

The following is attributable to Spokesperson Ned Price:

Secretary of State Antony J. Blinken spoke today with Brazilian Foreign Minister Carlos França about shared priorities, including a need for a strong, united response against further Russian aggression against Ukraine. 

Secretary Blinken expressed appreciation for Brazil’s announcement that it will donate COVID-19 vaccines to Latin America, Caribbean, and African countries.

The Secretary also welcomed the opportunity to work with Brazil during its United Nations Security Council membership, discussed plans for an upcoming high-level bilateral dialogue, and conferred on the dire security situation in Haiti.




Teleconferência do Secretário de Estado Blinken com o Chanceler Brasileiro França

Declaração atribuída ao porta-voz Ned Price:

 
O secretário de Estado Antony J. Blinken conversou hoje com o chanceler brasileiro Carlos França sobre prioridades compartilhadas, incluindo a necessidade de uma resposta forte e unida contra novas agressões russas contra a Ucrânia.

O secretário Blinken agradeceu o anúncio do Brasil de que doará vacinas COVID-19 para países da América Latina, Caribe e África.

O Secretário também saudou a oportunidade de trabalhar com o Brasil durante sua participação no Conselho de Segurança das Nações Unidas, discutiu planos para um próximo diálogo bilateral de alto nível e falou sobre a terrível situação de segurança no Haiti.


Nota DefesaNet

A teleconferência entre o Secretário de Estado Antony J. Blinken com o Chanceler Brasileiro Carlos França ocorre horas após DefesaNet ter publicado a matéria sobre a visita do  Secretário Especial para Assuntos Estratégicos do Presidente da República Federativa do Brasil Almirante de Esquadra Flávio Rocha à Moscou.

Mostra também que a preocupação número um da Casa Branca e do Departamento de Estado Americano é a situação com a Rússia. A pequena trégua obtida devido a intervenção russa no Casaquistão, para salvar governo alliado, está encerrando.

A próxima viagem do presidente Jair Bolsonaro a Moscou e as tratativas do Chanceler França com o seu homólogo Lavrov e do Alm Esq Flávio Rocha, com o Vice-Ministro da Defesa da Rússia, General Alexander Fomin, entram no radar americano.

Tanto a Casa Branca como o Departamento de Estado e o Pentágono mostram preocupação com a posição, que o Brasil vier a tomar e as atuais tratativas com Moscou.

E também cobram o alinhamento às ações que Estados Unidos e os países membros da OTAN tomarem dentro do âmbito do Conselho de Segurança da ONU.

O Itamaraty comemorou, o início do 11º mandato, como membro não permanente do Conselho de Segurança da ONU, que ocorreu no dia 1º de Janeiro 2022.
 
Formado por 15 países, sendo cinco permanente e 10 não-permanentes, o Conselho é responsável pela manutenção da paz e da segurança internacionais. Atualmente, o Brasil participa de sete das 12 operações de manutenção da paz da ONU.
 
"No biênio 2022-2023, o Brasil terá como prioridades a prevenção e a solução pacífica de conflitos, a eficiência das missões de paz e das respostas humanitárias às crises internacionais, a consolidação da paz mediante ações voltadas para o desenvolvimento, o respeito aos direitos humanos e a maior participação das mulheres nas ações de promoção da paz e da segurança internacionais. O país buscará também aprimorar a articulação do Conselho com outros órgãos da ONU e com organismos regionais envolvidos na resolução de conflitos."

 

Texto da nota do Itamaraty ao assumir a como membro não-permanente do Conselho de Segurança.

O Editor

Nota às 21h00, 10JAN2022, o Itamaraty postou as seguintes mensagens no Twitter











https://d1a5vuhmdbnak9.cloudfront.net/defesanet/site/upload/media/1641777804_6976.jpg

Visita do Almirante Flávio Rocha à Moscou

VEJA MAIS