19 de Janeiro, 2016 - 14:30 ( Brasília )

Terrestre

CMS - Nota Oficial Referente ao Monumento CC Leopard

Agressão e Vandalismo contra monumento militar

O Comando Militar do Sul (CMS) retirou o Carro de Combate Leopard1A1 que estava sendo colocado como monumento próximo ao 3 Regimento de Cavalaria de Guardas. A nota Oficial do CMS é publicada abaixo.

Desde o anúncio da colocação desta viatura blindada, no dia 12 Janeiro, como monumento ocorreu uma grande movimentação contrária.

Ocorreram atos de vandalismo como a viatura ser depredada e a tentativa de danificar a pintura assim como roubo de equipamentos, como os faróis.

A movimentação agitou em especial a base de esquerda e com grande participação de órgãos de imprensa vinculados ao Partido dos Trabalhadores. Assim como edis desta agremiação na Câmara Municipal.

A área onde será o monumento foi doada ao Exército pois a unidade do 3 RCG teve uma grande extensão de seu terreno usada para a construção de um viaduto.

No início de 2015 um blindado em homengem aos veteranos da 2 Guerra Mundial foi vandalizado na cidade de São Gonçalo (Vandalizado Blindado em Praça do Ex-Combatente Link)

A movimentação também incluiu a criação de uma página no Facebook, com link abaixo.

Leia a nota do CMS abaixo.
  
Mais as matérias:

CC Leopard será novo monumento de Porto Alegre Clic RBS - republicado DefesaNet (Link)

Após polêmica sobre tanque, vereador lança projeto que proíbe artefatos bélicos como monumentos - SUL21 (Link)

Página Facebook Transformar o Tanque de Guerra em Tanque do Amor (Link)

MINISTÉRIO  DA  DEFESA
EXÉRCITO  BRASILEIRO

COMANDO  MILITAR  DO  SUL

NOTA À IMPRENSA
Porto Alegre, 19 Janeiro 2016

 


Em referência ao monumento simbolizado pelo Veículo Blindado Leopard 1A1, instalado na Avenida Ipiranga, o Comando Militar do Sul informa que a viatura foi recolhida para o 8º Batalhão Logístico, onde passa por manutenção. O reparo é necessário, em virtude dos danos causados ao mesmo nos últimos dias. Não há previsão para a conclusão da manutenção, que exigirá reposição de peças e reparo na pintura. Assim que a viatura estiver em condições, retornará à praça para a inauguração do monumento. Durante este período, o local será preparado e estruturado para receber o Leopard em segurança e para proporcionar aos visitantes uma interação positiva com a história.
 
A praça que recebe o monumento foi cedida pela prefeitura de Porto Alegre como forma de agradecimento pela doação de uma área do 3º Regimento de Cavalaria de Guarda para construção do viaduto de acesso da Avenida Bento Gonçalves.
 
A homenagem tem inestimável valor histórico, para a Arma de Cavalaria  do Exército Brasileiro, e acontecerá no ano que marca o centenário da primeira utilização de um blindado em combate. A estreia aconteceu durante a Primeira Guerra Mundial, na Batalha do Somme, em 1916, ocasião em que alemães e aliados se enfrentaram durante semanas numa frente de combate com mais de 40 quilômetros de extensão. A localização do blindado referencia o Exército de hoje (próximo ao 3º Regimento de Cavalaria de Guarda) e a preservação de sua história (representada pelo Leopard A1). É importante salientar que o Comando Militar do Sul representa 90% da força blindada do país.
 
O Comando Militar do Sul, elite do combate convencional, coloca-se à disposição para mais esclarecimentos.
 
 

Assessoria de Comunicação Social do Comando Militar do Sul