COBERTURA ESPECIAL - Tank - Terrestre

09 de Outubro, 2017 - 11:15 ( Brasília )

Programa de atualização da VBCCC Abrams


ST José Lino- CI Bld


A Viatura Blindada de Combate Carro de Combate (VBCCC) Abrams é o principal blindado utilizado pelo Exército e pelo Corpo de Fuzileiros Navais dos Estados Unidos da América (EUA).

Produzido pela General Dynamics, entrou em serviço em 1979. Hoje é utilizado pelos seguintes países: Egito, Kuwait, Arábia Saudita, Austrália e Iraque. Desde que entrou em serviço foram produzidas três versões principais: o M1, M1A1 e o M1A2.

O Abrams foi largamente testado em combate, sendo utilizado nas Guerras do Golfo, Afeganistão e Iraque. O CC M1 Abrams possui um canhão 105 mm, já o M1A1 e o M1A2 estão equipados com um canhão de 120 mm como armamento principal. O carregamento em todas as versões é manual e o seu alcance efetivo acima de 4 km.


VBCCC M1A2 SEPv2

O armamento secundário consiste em uma metralhadora coaxial de 7,62 mm, uma MG de 7,62 mm instalada sobre a escotilha do atirador e uma MG de 12,7 mm na escotilha do comandante da VBCCC.

O M1A2 Abrams possui um motor com turbina a gás multicombustível, que desenvolve 1.500 cavalos de potência. Pode funcionar com gasolina, diesel ou querosene de aviação.

Sua principal desvantagem é o alto consumo de combustível. O motor pode ser substituído em 30 minutos. Em 1999, em decorrência de um programa de atualização, foi implementado um Pacote de Melhoramentos do Sistema denominado M1A2 System Enhancement Package-SEP. Desta forma, o Abrams foi atualizado para a versão M1A2 SEP.

Hoje existem as versões M1A2 SEP, SEPv2 e SEPv3. A VBCCC M1A2 SEP Abrams possui alta tecnologia e uma blindagem aprimorada. Esta blindagem mantém os componentes da versão M1A2 com a adição de urânio empobrecido e podendo ainda receber um revestimento de grafite, tornando este carro um dos melhores do mundo no quesito proteção.


VBCCC M1A2 SEPv3

Além disso, possui a capacidade de ser equipado com blindagem reativa explosiva. O blindado está equipado com o mesmo armamento da versão M1A2 porém no SEPv2 foi adicionada uma estação de armas operada remotamente, com uma metralhadora de 12,7 mm.

A versão SEPv3 é a mais moderna da VBCCC Abrams e possui uma maior proteção contra dispositivo explosivo improvisado (IED). Está equipado com um GCB (gerenciador do campo de batalha) digital baseado em tempo real. Pode ser transportado por aeronave de transporte militar C-5 Galaxy ou C-17 Globemaster III.

A empresa General Dynamics Land Systems (GDLS) e o Exército dos EUA estão trabalhando em uma nova atualização para os Abrams. O projeto visa desenvolver e integrar várias mudanças de engenharia no Abrams M1A2 SEPv3, modernizando ainda mais a VBCCC.

A próxima versão será o SEPv4, com foco na letalidade, melhorando o sistema de controle de tiro primário do comandante e do atirador, além da capacidade para efetuar disparos com munições 120mm multipropósito, que reúnem, em uma única munição, uma enorme gama de capacidades.

Além dessas versões, o Abrams possui a capacidade de receber um KIT para área humanizada. Este foi desenvolvido para aumentar a sua capacidade de proteção em ambiente urbano, melhorando a proteção, o poder de fogo e a consciência situacional da guarnição.


Versão com o Kit para combate urbano


VEJA MAIS



Outras coberturas especiais


ESGE

ESGE

Última atualização 21 OUT, 13:00

MAIS LIDAS

Tank